Garapa sedia oficina sobre teatro de rua

teatro Cena de peça a ser apresentada hoje no Santa Fé 1. (Foto: Beca Muniz)

Acontece hoje, às 10h, no Ponto De Cultura Garapa, a oficina de teatro Desventuras na Rua, com a Companhia A DitaCuja. A atividade é gratuita e tem como base o espetáculo Desventuras de um Quixote, da própria cia. e que é realizado na rua. O objetivo principal do evento, conforme os organizadores, é proporcionar aos participantes, a partir dos 12 anos de idade, a oportunidade de aprender um pouco sobre a iniciação do teatro de rua, sua origem e as novas formas de ocupações dos espaços públicos.

Fundada em fevereiro de 2007 com o nome de Ainda sem Nome, a cia. A DitaCuja foi criada por ex-alunos do Espaço Cultural Ribeirão em Cena. Imediatamente, lançou o projeto Poesia em Cena e propunha-se ,a através dele, desenvolver peças curtas a partir do estudo de poesia, filosofia e técnicas de corpo e voz.

Com as oficinas, a companhia já percorreu cidades como Bauru, Peruíbe, Juquitiba, São José do Rio Preto, Franco da Rocha, Poá e São Luiz do Paraitinga. “A oficina funciona a partir de dois orientadores que compartilham as técnicas de encenação na rua que utilizamos durante nosso espetáculo. Vivemos em uma sociedade que necessita com urgência de avanços na formação cultural e proporcionar acessos e criar mecanismos para esses avanços”, ressaltou Flávio Racy, que é ator e integrante do grupo.

PEÇA — Mais tarde, às 16h, a companhia se apresenta no Barranco Cultural, com o espetáculo de rua Desventuras de um Quixote. O texto que serviu de inspiração para esse trabalho foi Dom Chicote Mula Manca e seu fiel escudeiro Zé Chupança, que foi reescrito e adaptado para a rua. A peça foi estreada no dia 14 de setembro de 2013, na praça XV de novembro de Ribeirão Preto, seguida de temporada de circulação através do Prêmio Myriam Muniz/Funarte e atravessou já outras 15 cidades do estado de São Paulo.

No elenco estão os atores Tânia Alonso, Nathalia Fernandes, Michelle Maria, Flávio Racy e André Cruz, que também assina a direção e dramaturgia. “Já estamos há 5 anos com esse espetáculo, e temos como objetivo trazer uma leitura de sociedade e relações de poder dentro dela”, disse Racy.

SERVIÇO — Oficina de teatro Desventuras na Rua. Hoje, às 10h, no Ponto de Cultura Garapa (rua Dom Pedro II, 1313, Centro). Informações: (19) 3377-2001. Apresentação teatral Desventuras na Rua da Companhia. Hoje, às 16h, no Barranco Cultural, no bairro Santa Fé 1. Entrada gratuita.

(Ana Caroline Lopes)