Gerenciamento de marketing é imprescindível nos negócios

Erros na área podem ser fatais e levar uma empresa à falência. (foto: Freepick)

O marketing é a alma do negócio”. Essa é uma frase incansavelmente repetida no meio corporativo. Essa área surgiu nos anos próximos ao final da Segunda Guerra Mundial, quando os Estados Unidos aproveitavam-se de sua influência na indústria bélica e precisavam alavancar as vendas de todos os setores a todo custo.

Por vezes, nas corporações modernas, a propaganda não ganha o seu devido valor. Entretanto, para que qualquer empresa alcance seus números e metas, estratégias de marketing e vendas são essenciais, já que com esses dados em mãos é possível traças métricas e prever as tendências do mercado.

Alguns erros nesse sentido podem ser fatais e levar a organização à falência, conforme aponta Cristian Townsend, especialista em análise de marketing baseado em conta. “Se não há embasamento por trás das ações dessas equipes ou a falta de comunicação resulta em metas que se perdem pelo caminho, a empresa pode pagar um preço alto”, afirma o profissional.

Um desses erros é não entender as necessidades dos clientes, o que pode afastá-los. “Abordagens erradas, tanto na hora da divulgação quanto na venda, podem afastar ou causar uma má impressão nas prospecções”, explica Townsend. “Por isso, é imprescindível coletar o maior número possível de dados sobre clientes, como metas, comportamentos, preferências, objeções e renda”. Com essas informações, os gestores podem traçar um tom de comunicação ideal, aproximando-se do universo e dos desejos de seu público-alvo.

A partir daí, vem a ação. Antes de tomar atitudes, é preciso entender os hábitos de seus clientes e também acompanhar suas transformações periódicas. “Com sistemas automatizados, é possível verificar todos esses dados de maneira organizada, através de painéis. Assim, gestores de equipes poderão obter muito mais conhecimento acerca de seu público, gerando ações mais objetivas e planejadas. Conteúdos que instiguem o cliente no tempo certo devem ser parte das estratégias de marketing e vendas”, orienta o especialista.

Para aplicar as estratégias programadas é preciso dispor das ferramentas necessárias. “Se a empresa quiser manter a competitividade de mercado, deve procurar por inovações que otimizem processos e ofereçam insights assertivos”, afirma Cristian. “Um planejamento eficiente serve não só para manter a posição de sua empresa no mercado, mas para ganhar autoridade”.

As indicações do especialista são os sistemas que se utilizam da Inteligência Artificial que baseiem-se no cruzamento entre dados de clientes e dados do mercado. É por meio desse tipo de sistema que é possível entender padrões de comportamento e oferecer previsões sólidas para o futuro dos negócios.

Mariana Requena
[email protected]