Governo abre crédito suplementar de R$ 500 milhões para pagar precatórios

O Ministério do Planejamento abriu R$ 500 milhões em crédito suplementar para bancar despesas da União com sentenças judiciais transitadas em julgado, ou precatórios. Os recursos decorrem de anulação parcial da dotação orçamentária reservada para benefícios previdenciários urbanos. A decisão consta de portaria publicada na edição desta segunda-feira, 26, do Diário Oficial da União (DOU).