Guardas civis são homenageados pelo Sindguarda

carro-forte Dois guardas foram atingidos em troca de tiros durante assalto a carro-forte. ( Foto: Divulgação)

O Sindguarda (Sindicato dos Servidores da Guarda Civil do Município de Piracicaba) em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Piracicaba e Região homenageiam hoje, os guardas civis Marcos Alexandre Pavanelli Rodrigues e Fernando Dias Lima, que sobreviveram a tiros de fuzil durante o confronto que aconteceu com uma quadrilha que explodiu um carro-forte, na SP-304 (Rodovia Luiz de Queiroz), próximo ao distrito Tupi de Piracicaba, no dia 6 de outubro de 2017. A solenidade está prevista para ser realizada às 9h, no auditório GC Virgílio Barbosa, no Centro de Piracicaba.

O diretor administrativo e um dos fundadores do Sindguarda William De Lima disse que a honraria é uma forma de reconhecimento pela bravura dos guardas que não se intimidaram face ao confronto com criminosos fortemente armados. “Nossos guerreiros irão receber o ‘troféu por ato de bravura’. A eles deixamos o nosso reconhecimento público”, comentou Lima.

O GC Rodrigues foi atingido com mais gravidade. Mesmo usando colete, o tiro perfurou o pulmão e barriga. Ele ficou hospitalizado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Santa Casa por uma semana.

O diretor disse que o GC Lima foi atingido nos dois braços. Ele sobreviveu, mas ficou com mobilidade reduzida.

“Ambos já retornaram ao serviço, mas exercem funções administrativas dentro da corporação”, completou o sindicalista. Segundo ele, a proposta do Sindguarda é desenvolver ações de valorização e reconhecimento dos guardas civis que diuturnamente atuam na segurança do município.

O CASO – Os GCs atuaram no confronto a quadrilha, que além de usarem armas de grosso calibre, chegaram a explodir um carro-forte, por volta das 9h, do dia 6 de outubro de 2017. Durante o acompanhamento aos integrantes, os patrulheiros foram baleados. Ambos foram socorridos em estado grave e sobreviveram.

Na época, dois carros usados na fuga do bando foram incendiados na região do bairro Monte Alegre. Após deixar a rodovia, eles fugiram pela área central de Piracicaba. Veículos que estavam estacionados no local também foram atingidos pelos tiros, mas nenhum morador ficou ferido. Um motorista que foi flagrado furtando dinheiro que foi abandonado às margens da rodovia foi gravado pelo sistema de câmeras de segurança e chegou a ser detido pela polícia.

(Cristiani Azanha)