• Heróis sem capa estão cada vez mais participativos na vida dos filhos
  • Heróis sem capa estão cada vez mais participativos na vida dos filhos
  • Heróis sem capa estão cada vez mais participativos na vida dos filhos
  • Heróis sem capa estão cada vez mais participativos na vida dos filhos
  • Heróis sem capa estão cada vez mais participativos na vida dos filhos
  • Heróis sem capa estão cada vez mais participativos na vida dos filhos

Heróis sem capa estão cada vez mais participativos na vida dos filhos

Dia dos Pais é a data para celebrar o amor incondicional e a conexão desse elo tão forte da vida. (foto: Amanda Vieira/JP e Divulgação)

O desejo da maioria dos filhos é ter a oportunidade de dar um abraço àquele que chama de herói. Afinal, não é fácil sair todos os dias de casa para trazer o sustento da família. Independente da classe social se tem curso superior, condição financeira, se tem emprego ou não. Se está perto ou longe, pai é sempre pai.

Para eles, este domingo é um dos mais especiais do ano. É hoje que esperam ficar perto de filhos, caso não seja possível vale tudo, um telefonema ou até mesmo uma mensagem pelo WhatsApp, mas passar em branco jamais. Para aqueles, cujos pais já partiram, quem não pensou que “Deus poderia dar um descuido e permitisse somente mais um abraço?”. Quem tem o pai pertinho não deve perder essa chance.

O Jornal de Piracicaba conversou com vários pais, que seguraram a emoção para falar dos filhos. Alguns falaram mais ou menos, mas transbordaram na emoção.

Já diz um trecho de uma música do Jota Quest “O melhor lugar do mundo é dentro deu abraço” e abraço de pai traz segurança, traz amor, traz felicidade.

Para o prefeito Barjas Negri, ser pai é não é apenas uma questão biológica, mas uma atribuição divina, que extrai do homem o melhor dos sentimentos humanos. “Quero render a minha mais sincera homenagem à memória dos que já se foram e desejar que neste domingo, os que são pais, filhos e avôs, se confraternizem e celebrem a alegria de viver em família, disse o pai de Licia, Daniel e Marina. O presidente da Câmara de Piracicaba, Gilmar Rotta falou que ser pai foi a maior experiência de sua vida. “Há homens que são ricos, milionários materialmente. Mas eu me sinto o homem mais rico do mundo tendo tido a oportunidade de ser pai”, comentou.

Rotta acrescentou que pede saúde para poder viver este amor plenamente, proteger e apoiar seu filho sobre tudo que estiver ao seu alcance. Desejo que ele, um dia, possa viver todo amor que me ensinou a sentir”.

Carlos Jousseff, presidente da Unimed, diz que ser pai é participar da formação de um filho. “Além de educar e amar incondicionalmente, é acreditar que só por meio de exemplos se transmite valores para toda uma vida”.

O sargento da Polícia Militar Thiago Antônio Fuzatto tem um enteado de 12 anos e uma filha de um ano e dois meses. “Ser pai para mim não é meramente colocar uma pessoa no mundo. É criar para que o mundo não tenha que tomar medidas duras contra os filhos. A gente sai todo dia não sabendo se voltará para casa, mas após 12 horas de serviço, quando chegamos em casa encontramos um filho e uma filha nos chamando de papai é isso que anima a gente”, disse. O cabo da PM Genel Barboza Bueno teve a experiência de ser pai, em 2014, quando nasceu seu filho Miguel. “Meu filho é meu grande companheiro, parceiro e amigo. Cresceu dentro da polícia. Sabe que é difícil meu trabalho, e me acompanha em tudo. Já sabe o que é certo e errado”, afirmou Genel.

Mauro, empresário de Curitiba a passeio na cidade disse que ser pai é o melhor sentimento do mundo. “É acordar todos os dias sabendo que alguém precisa de você e você precisa desse alguém também”, disse.

O frentista Adriano tem muito orgulho do casal de filhos Radassa e Adriel. “Tenho muita alegria de cuidar desses presentes de Deus. Desejo um excelente Dia dos Pais para todos”. Para o empresário Bruno Ferreira Gonzales afirma que tem um amor incondicional pela filha. “Ela é minha amiga e companheira”, comentou, O veterinário Rafael afirmou que a paternidade traz um sentimento inexplicável. “É um sentimento de responsabilidade e dedicação que passarão para futuras gerações”, disse.

Além das responsabilidades de criar um filho, ser pai também é curtir os bons momentos em família. Por que não trazer os filhos para acompanhar o jogo do time do coração para a maioria dos piracicabanos?

O agricultor Marcelo Zuim vive essa experiência. Ele trouxe sua filha para assistir o jogo do XV de Piracicaba e Atibaia, na sexta-feira (10). Assim como o engenheiro Marco Antonio Penatti, que trouxe sua filha Mariana.“- Ser pai é uma mistura de sentimentos de várias emoções. Do carinho, convivência e responsabilidade pela criação dos filhos. Então esse contato desde que nascem, a gente fica muito afetivo e transforma em um amor muito grande. Nessa época de Dia dos Pais, quando a gente recebe um carinho deles, ou uma atenção diferente, a gente fica muito feliz”, afirmou Penatti.

Reforçando a ideia de que os pais querem passar esse domingo com os filhos, vale a tentativa de deixar mais feliz, aquele que deu e continua dando a vida pelo seu filho ou filha.

Cristiani Azanha
[email protected]