HFC presta homenagem ao Dia do Médico

MÉDICO “Médicos cuidam da nossa vida com respeito”,diz Coral. ( Foto: Arquivo /JP) .

A pauta de hoje são os médicos, nossos doutores que todos os dias lutam pela vida dos pacientes, enfrentam obstáculos para amenizar a dor do próximo e se entregam ao amor que sentem pela profissão. “Neste dia 18 de outubro, no Dia do Médico muitos vão estar de plantão, outros vão estar estudando, atendendo e se dedicando a levar a esperança da cura para o próximo. Reconhecemos a importância, dedicação e respeitamos o conhecimento de todos os doutores da medicina”, disse o presidente do HFC, José Coral.

O HFC investe constantemente no aperfeiçoamento do corpo clínico e para isso conta com um centro de estudos atuante na difusão de conhecimentos científicos e protocolos institucionais, trazendo assim segurança no manejo aos pacientes. Aos clientes, oferece uma infraestrutura completa, além de um renomado corpo clínico que trabalha com as mais avançadas ferramentas de diagnóstico, fazendo com que seus profissionais tenham à disposição o suporte necessário para que a atividade de saúde seja concretizada com qualidade, precisão, agilidade e prezando pela humanização do tratamento.

O diretor técnico do HFC, Miki Mochizuki, aproveitou a oportunidade para valorizar aquele que trabalha pensando no bem estar do próximo. “Tantas coisas mudaram com o passar do tempo na medicina. Já se foi o tempo do clister de terebintina, dos curativos com mercúrio cromo, das luvas que tínhamos que lavar e secar a cada uso, do conjunto de agulheiros que precisavam ser afiados de tempos em tempos, do monitor de fósforo e tantas coisas que faziam parte da prática médica há poucas décadas. A tecnologia veio implacável tomando o espaço, mas cada tempo teve grande valor e foi uma importante inovação”, lembrou.

Diante de tantas mudanças no campo da medicina, há coisas imutáveis: o cuidado com o paciente, o contato com a família, o zelo pela atualização, a busca incansável pelo melhor que se pode oferecer a quem está em um momento de sofrimento, ser médico na concepção da palavra. “Neste dia também vem a lembrança de muitas pessoas queridas que já partiram. Profissionais dedicados como Walter Gravena, que preenchia os corredores do centro cirúrgico e que hoje traz o seu nome; José Angelini, com suas muitas histórias; Álvaro Pinto, e o cardiologista, Marcus Vinicius Ferraz de Arruda”, disse Coral. “Bem mais que parabenizar, nós queremos agradecer aos doutores que exercem a arte de cuidar da vida com respeito, amor e dignidade”, finaliza Coral.

(Comunicação HFC)