Hoje tem duas estreias no cinema do shopping

cinema Ryan Gosling é Neil Armstrong em O Primeiro Homem. ( Foto: Divulgação)

Terror e drama fazem parta das estreias do cinema desta quinta-feira. O Primeiro Homem com direção de Damien Chazelle e elenco de Ryan Gosling, Claire Foy e Jason Clarke. conta a vida do astronauta norte-americano Neil Armstrong (Ryan Gosling) e sua jornada para se tornar o primeiro homem a andar na Lua. Os sacrifícios e custos de Neil e toda uma nação durante uma das mais perigosas missões na história das viagens espaciais. O terror fica por conta de A casa do Medo – Incidente Ghostland. Pauline acaba de herdar uma casa de sua tia e então decide morar lá com suas duas filhas, Beth e Vera. Mas, logo na primeira noite, o lugar é atacado por violentos invasores e Pauline faz de tudo para proteger as crianças. Dezesseis anos depois, as meninas, agora já crescidas, voltam para a casa e se deparam com coisas estranhas. A direção é de Pascal Laugier com elenco de Crystal Reed, Anastasia Phillips e Emilia Jones.

O enredo de O Primeiro Homem baseou-se no livro homônimo de James R. Hansen, que documentava a sucessão de eventos pessoais e profissionais que culminaram na ida de Armstrong, com a Apollo 11, à Lua. Em sua adaptação, o roteirista Josh Singer emenda essas situações a partir de um ponto de vista mais íntimo, explorando o psicológico do astronauta. Ao longo do filme, Armstrong perde colegas e amigos em circunstâncias diferentes, algumas mais traumáticas que outras. Contudo, o protagonista normalmente reage às perdas de um jeito muito reservado, que pode ser facilmente confundido com apatia.

Em A Casa do Medo, enquanto promove seu novo livro, que se baseia diretamente naquela noite, Beth recebe uma ligação desesperada de Vera (agora interpretada por Anastasia Phillips), que enlouqueceu e ainda vive com a mãe naquela mesma casa. A escritora vai ao local visitá-las e lá descobre que as alucinações que a irmã anda tendo com os antigos invasores podem ser mais reais do que imaginava. O terror promete uma história que brinca ao máximo com as convenções do gênero.

(Da Redação)