Homem é preso por guardar armas no forro de casa no Campestre

Suspeito tinha três espingardas, revólver, além de munição. (Crédito: Divulgação)

A Polícia Militar prendeu um homem após ser acusado de guardar armas no forro de sua residência, no bairro Campestre. Na casa do suspeito, os PMs teriam localizado revólver calibre 38, espingarda calibre 28, espingarda calibre, garrucha calibre 32, espingarda de retrocarga sem marca ou numeração aparente, 108 cartuchos deflagrados, 21 cartuchos intactos de calibre 38, além de espoletas, pólvora e chumbo para recarga. O acusado foi levado ao plantão policial, onde foi autuado em flagrante sob acusação de posse ilegal de arma de fogo.
Por volta das 18h, os policiais da Força Tática faziam patrulhamento de rotina pelo bairro, quando foram informados por um morador, que um homem guardaria grande quantidade de armas e entorpecentes em casa.

Os PMs foram até a casa do suspeito, onde foi localizado. Ele teria permitido a entrada dos policiais e confirmou que guardava armas no forro do quarto, porém não seriam de sua propriedade e sim de seu primo, que morava em Saltinho. Após realizarem a revista domiciliar, os policiais localizaram as armas e munições que estavam no forro do imóvel.
Os policiais também foram na casa do primo do suspeito, em Saltinho, onde foi localizado, mas nada de ilícito foi encontrado pelos policiais na casa. Ele negou ser o proprietário das armas. Ambos foram levados ao plantão policial, mas somente o morador do bairro Campestre foi preso em flagrante, o outro (primo) foi liberado após prestar depoimento. Posteriormente foi encaminhado à carceragem, onde ficou até ser apresentado à audiência de custódia. As armas e munições foram apreendidas e serão periciadas pelo IC (Instituto de Criminalística). O laudo deverá ficar pronto no período de 30 dias.

 

Cristiani azanha

[email protected]