Horário eleitoral

Tente votar em candidato ficha limpa. Vote em candidatos honestos. Caso contrário, a vítima pode ser você.

A menos de 40 dias das eleições para presidente, vice-presidente, governador e vice-governador, senadores e deputados federais e estaduais, os eleitores começam a ser bombardeados por todos os lados pela propaganda eleitoral. Os folhetos com as propostas dos candidatos começaram a ser distribuídos nas casas. Os telejornais e os jornais abriram espaço para os candidatos apresentarem suas propostas. Amanhã começará o horário eleitoral gratuito, no rádio e na televisão.

Muitas pessoas desligam a televisão e o rádio quando começa o falatório dos candidatos. Como é de praxe, os partidos que fazem o maior arco de alianças e que têm maior representatividade no Congresso, são aqueles que terão mais tempo de propaganda gratuita em rádio e televisão e também maior exposição. E, nesta hora, entram em ação os marqueteiros, para deixar os candidatos apresentáveis no vídeo e com empostação da voz nas emissoras de rádio para apresentar suas propostas.

Mas o eleitor do século XXI não deve se deixar influenciar por imagens primorosas, shows piroténicos, por voz empostada e nem por benesses daqueles que tentam comprar votos – infelizmente, no país, essa prática ainda é muito comum. Preste atenção nas propostas. Analise quais são os candidatos que têm o melhor plano de governo para todas as áreas, especialmente aqueles mais sensíveis à população, como saúde, segurança, educação.

Mais do que isso. Analise o passado do candidato. Se, de fato, fez algo de bom para a cidade. Em um país com tantos partidos políticos com ideologias parecidas, o eleitorado normalmente escolhe o candidato em vez do partido. E, claro, tente votar em candidato ficha limpa. Vote em candidatos honestos. Caso contrário, a vítima pode ser você.

(Claudete Campos)