Hyundai Creta teve 5.171 unidades vendidas em novembro

carro Reportagem do JP experimentou o SUV. ( Foto: Amanda Vieira/JP)

O SUV Hyundai Creta, fabricado em Piracicaba, totalizou 5.171 unidades vendidas em novembro, volume que lhe garantiu a liderança no mês entre todos os SUVs e também a 9ª posição no ranking geral de modelos comercializados no período. No acumulado do ano, o Creta soma 44.062 unidades vendidas, com crescimento de 20,6% sobre o mesmo período de 2017, ocupando a segunda posição entre os SUVs compactos, com apenas 179 unidades atrás do primeiro colocado.

Em julho deste ano, a atualização dos modelos Creta para a linha 2019 introduziu a TV Digital nas centrais multimídia. Com tela sensível ao toque, o dispositivo oferece conectividade com Apple CarPlay e Google Android Auto. Possui conexão Bluetooth com streaming de áudio, acesso à agenda e ao histórico de chamadas, MP3 player, reprodutor de fotos e vídeos, conexões USB, auxiliar, comandos de áudio e Bluetooth no volante, e botão de reconhecimento de voz.

Um dos destaques do Hyundai Creta Edição Comemorativa 1 Million, com algumas das duas mil unidades produzidas ainda à venda, é a exclusiva Hyundai Key Band, chave presencial em formato de pulseira inédita na categoria. Além de desempenhar as principais funções da smart key convencional, ela proporciona conectividade com smartphone e funciona como relógio, contador de passos e calorias, medidor de distância percorrida, e, ainda, exibe notificações em seu visor, indicando, por exemplo, quando há chamadas de voz e alarmes.

TESTE — A reportagem do Jornal de Piracicaba experimentou o SUV durante uma semana. O modelo Pulse Plus 1.6 com câmbio automático tem ótimo espaço e acomoda cinco ocupantes adultos com conforto razoável. O porta-malas de 431 litros oferece espaço suficiente para a bagagem dos passageiros e a suspensão robusta se mostra eficaz com carga máxima. Já o consumo de combustível, nessas condições, se torna um fator negativo. Com cinco ocupantes e ar-condiconado ligado o consumo de gasolina registrou a média de 8 km/l na estrada.
Em outra situação, com apenas o motorista, o consumo chegou a 11 km/l. Rodando no etanol, na estrada, o Creta registrou consumo de 9 km/l.

Entre as vantagens do Creta, está a altura de uma SUV mantendo o conforto de um compacto. Para estradas sem pavimento ou pisos acidentados, o carro se mantém firme sem exigir muito esforço do motorista. Os comandos ao volante garantem menos esforço e mais eficácia do sistema.

(Beto Silva)