Ibovespa sobe 0,72% e se aproxima dos 77 mil pontos

O Ibovespa subia 0,74% no início dos negócios nesta terça-feira, 2, primeiro pregão do ano, aos 76.949,99 pontos. O índice pode engatar nesta terça a sétima alta seguida e superar os 77 mil pontos.

A sinalização de que Wall Street pode começar 2018 com ganhos ajuda a animar o mercado local. Outro fator que contribui para o otimismo na bolsa brasileira é que o rebaixamento do rating soberano do Brasil, esperado para a semana passada após o atraso da votação da reforma da Previdência, não se confirmou.

Além da Previdência, os investidores brasileiros começam o ano com foco no julgamento em segundo instância da ação contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para o próximo dia 24 no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. Para operadores, se Lula for condenado e, com isso, ficar fora da disputa eleitoral este ano, o Ibovespa pode ter um rali e superar os 80 mil pontos. Na quinta-feira, 28, o principal índice da bolsa paulista havia fechado aos 76.402,08 pontos, em sua sexta alta consecutiva.

No exterior, os futuros do petróleo operam em queda na manhã desta terça em Nova York, influenciados, entre outros fatores, por uma onda de protestos no Irã, que começaram na última quarta-feira (27) e prosseguiram no final de semana. Mesmo assim, os futuros de Nova York sinalizam que a terça-feira pode ser de alta em Wall Street, contribuindo para manter também o bom humor no mercado doméstico.

Na agenda local, será divulgada na tarde desta sexta a balança comercial de dezembro (e os dados consolidados de 2017), mas o número não deve ter maiores impactos no mercado de ações, segundo operadores.

Entre as principais empresas da B3, a Embraer deve seguir no radar dos investidores, em meio às conversas com a norte-americana Boeing para adquirir a companhia brasileira. Além disso, começa a valer neste primeiro dia útil de 2018 a nova composição do Ibovespa – que teve entre os destaques a entrada da rede varejista Magazine Luiza.