Ideia é votar nesta terça urgência do projeto de autonomia do BC, diz líder do PR

O líder do PR na Câmara, deputado José Rocha (BA), anunciou nesta terça-feira, 24, que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prometeu pôr em votação ainda nesta data no plenário requerimentos para tramitação em regime de urgência dos projetos de autonomia do Banco Central e do que regulamenta o registro eletrônico de duplicatas. Segundo ele, somente após votar essas urgências, Maia colocará em votação o mérito do projeto que altera as regras do cadastro positivo.

Rocha afirmou que há acordo na base aliada para votação da urgência dessas matérias. O acordo foi fechado durante reuniões ao longo da manhã desta terça-feira na residência oficial da Presidência da Câmara, das quais participaram líderes de partidos aliados e ministros como Carlos Marun (Secretaria de Governo) e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.

A secretaria executiva da Fazenda, Ana Paula Vescovi, também esteve no local.

Mais cedo, Marun afirmou que líderes e técnicos do BC ainda negociavam mudanças no projeto do cadastro positivo. A negociação visa a diminuir as resistências à proposta, que vêm até mesmo de partidos da base aliada, entre eles, o PRB.

O partido alega que a proposta abre margem para vazamento de dados sigilosos de consumidores. Por causa dessas resistências, Maia adiou a votação da matéria na semana passada.