IHGP reabre em nova sede, no bairro Jaraguá, em fevereiro

Oficialmente em novo endereço desde anteontem, na rua Professor José Martins de Toledo, 109, no bairro Jaraguá, o IHGP (Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba) tem outras novidades para este ano. O prédio em que agora está localizado é mais amplo e com melhor infraestrutura se comparado com o anterior, segundo a presidente da entidade, Valdiza Maria Capranico. Ela contou, em entrevista exclusiva ao Jornal de Piracicaba, que o local passará a sediar exposições, lançamentos de livros e outros eventos do próprio instituto. Além disso, a visitação para grupos escolares será aberta e gratuita. A sede do IHGP ainda está na última fase de reformas e reabre as portas a partir de fevereiro, após o Carnaval.
 
De acordo com Valdiza, a mudança, que teve início em novembro, foi devido às condições precárias da partes elétrica e hidráulica e telhados do antigo prédio, situado no segundo piso de um edifício na rua do Rosário, 781, Centro. “O local pertence à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, que irá utilizá-lo para outros fins. Estávamos lá há 38 anos e tivemos que desocupar”, afirmou, acrescentando que há dois anos a prefeitura cedeu um espaço onde anteriormente funcionava uma escola municipal de educação infantil, mas, com o aumento no número de alunos, a área ficou pequena.
 
A partir de segunda-feira, voluntários e profissionais do IHGP começam a montagem de prateleiras e estagiários de história trabalham para colocar os materiais no local. Todos os mais de 10.000 arquivos do instituto — livros, documentos, jornais, revistas, fotografias, objetos históricos — já estão no espaço definitivo. Eles serão catalogados e digitalizados.
 
“A mudança foi muito difícil, porque são peças delicadas que precisam de cuidado especial. Além disso, é cara, não tínhamos condições, precisávamos de patrocínios. Agora, falta apenas arrumar o material. Tivemos que tirar tudo das estantes no antigo imóvel, desmontá-las, remontá-las no novo espaço para depois trazer o material. À medida que fomos conseguindo, trouxemos”, afirmou a presidente.
 
O espaço no Jaraguá conta com 290 metros quadrados de área, dividido em entrada principal e lateral com rampa, sala da diretoria — contendo quadros com fotos de todos os diretores e mesa para reuniões —, sala da secretaria, anfiteatro com capacidade para 40 lugares, projetor e lousa; sala de acervo com 24 prateleiras e computadores para uso dos visitantes; pátio para mostras e coquetéis, banheiros com acessibilidade para pessoas com deficiência, cozinha e quarto de despejo. “No prédio antigo, não tínhamos espaço para fazer exposições e palestras, contávamos com o apoio de entidades que disponibilizavam locais para realizarmos eventos”, explicou Valdiza.
 
Conforme a presidente do IHGP, a localização da nova sede proporciona riqueza histórica e cultural para a região dos bairros Jaraguá e Paulista, sendo que outra inovação é a abertura para visitação de escolas. “Estamos muito esperançosos para começar logo. A diretoria está se empenhando para iniciar tudo o mais rápido que conseguirmos”, pontuou.
 
2018 — Promover o lançamento do livro dos 50 anos do IHGP, comemorados em agosto do ano passado, é a primeira meta de 2018 da entidade. A obra, segundo Valdiza, foi escrita por associados e piracicabanos que amam a cidade. Outros lançamentos também estão sendo programados, como livros que contam a história da família Kraide em Piracicaba e a trajetória do monsenhor Luiz Gonzaga Juliani, pároco emérito da Paróquia São José. O telefone do IHGP é (19) 3434-8811.