Instituto Arcor realiza seminário sobre Educação Infantil

Cerca de 300 educadores, gestores e interessados devem participar do evento Cerca de 300 educadores, gestores e interessados devem participar do evento

A importância da participação social na Educação Infantil será tema do seminário de encerramento do programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade, que acontece hoje, a partir das 18h30, no Teatro do Engenho Central. Devem participar do evento cerca de 300 educadores, gestores e demais interessados de Piracicaba e dos municípios parceiros do programa, Capivari, Mombuca, Monte Mor, Rafard, Rio das Pedras e Saltinho.

O seminário terá como conferencista Ana Elisa Pereira Flaquer de Siqueira, diretora de uma escola municipal de ensino fundamental em São Paulo. A escola tem sido referência na mobilização da comunidade pelo aprimoramento permanente do processo de ensino e aprendizagem.

O programa Primeiro a Infância – Educação Infantil como Prioridade é uma iniciativa do Fundo Juntos pela Educação, composto pelo Instituto Arcor Brasil e Instituto C&A. O objetivo é contribuir com a qualificação da Educação Infantil nos municípios parceiros, em sintonia com os respectivos planos municipais de educação. “O foco é a primeira infância e o programa foi realizado em territórios totalmente diferentes, o que mostra ser possível sua aplicação”, enfatiza Thais Cassano de Castro, coordenadora de investimento social do Instituto Arcor.

Entre 2015 e 2017, aconteceu o primeiro ciclo do programa, nos municípios pernambucanos de Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe e São Lourenço da Mata. O segundo ciclo foi implementado ao longo de 2018 e início deste ano, nos seis municípios da região de Piracicaba e Rio das Pedras, onde está localizada uma das cinco plantas da Arcor no Brasil. “O programa contou com a participação da comunidade, equipe pedagógica, alunos, o que permitiu a elaboração das ações. Finalizamos o segundo ciclo com o seminário”, ressalta a coordenadora do Instituto Arcor.

Nos dois ciclos a Oficina Municipal foi responsável pela coordenação e execução do programa. Foram promovidos encontros regionais, oficinas de formação e visitas técnicas a cada município, para capacitação das equipes gestoras de Educação Infantil. As ações promoveram nas escolas municipais a elaboração ou reformulação do Plano Político Pedagógico de forma participativa, envolvendo a toda a comunidade escolar: gestores, professores, demais colaboradores da escola, pais e as próprias crianças. “Agora, vamos avaliar o programa para definir os próximos territórios, com programas relacionados à primeira infância”, diz Thais.

Eliana Teixeira