Instituto Formar tem mostra com 18 desenhos

A paixão e a dedicação pela arte de desenhar e pintar levou a universitária Iara Aparecida, aprendiz via Instituto Formar, a produzir, desde a infância, diversos desenhos a lápis e colori-los com hidrocor. Dezoito destas obras foram selecionadas para compor a primeira mostra artística da jovem, denominada Todas as Cores que há em Mim, instalada, a partir de hoje e até 30 de março, no hall da própria sede da instituição. Os trabalhos são alusivos a diversas figuras do sexo feminino, de artistas a personagens de animação, em decorrência do Dia Internacional da Mulher. A entrada é gratuita.
 
 
Os desenhos que integram a mostra foram inspirados, por exemplo, na pintora mexicana Frida Cahlo (1907-1954) e em mulheres indianas e orientais. “Quero mostrar a diversidade, a beleza feminina e as peculiaridades de cada mulher de regiões e etnias diferentes”, explicou a autora das obras, acrescentando que faz os desenhos por hobby e garantindo que os visitantes da mostra se sentirão representados pelas imagens. 
 
 
Graduanda em história, Iara contou que iniciou na arte do desenho ainda quando criança. “Comecei a desenhar aos 12 anos de idade, sob a influência de minha mãe, Enicéia, que adora desenhar e ler. Mais tarde, conheci a cultura geek, os animes, HQs (histórias em quadrinhos) e a partir daí fui aprimorando os desenhos”, relatou.
 
 
SERVIÇO — Exposição de desenhos Todas as Cores que há em Mim, de Iara Aparecida, no hall do Instituto Formar (rua Gonçalves Dias, 721, bairro Piracicamirim). Visitação: de hoje a 30 de março, das 8h30 às 16h30. Entrada gratuita. Informações: (19) 3437-8888.