João Doria: não estaremos na base, mas vamos ajudar Bolsonaro

João Doria: não estaremos na base, mas vamos ajudar Bolsonaro
Fonte: Agência Brasil

O governador eleito de São Paulo, João Doria, afirmou hoje (12) em Brasília, após participar de reunião do Fórum de Governadores, que o seu partido, o PSDB, não fará parte da base de sustentação do governo de Jair Bolsonaro, mas ajudará na aprovação de projetos que tratem da geração de emprego e renda.

“Eu defendo que o PSDB tenha uma posição a favor de todos os projetos do governo Bolsonaro que representem geração de emprego, geração de renda, melhoria da qualidade de vida da população”, afirmou.

Na semana passada, o líder tucano na Câmara dos Deputados, Nilson Leitão (PSDB-MT), já havia dito a mesma coisa, ao prometer apoio do partido na votação de temas como a reforma da previdência e outros projetos.

Banco de dados

Doria também se reuniu com o futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, para acertar a criação de um grupo de trabalho entre o governo estadual e a equipe do ministério, que vão trabalhar na montagem de um banco nacional de dados digitalizados na área de segurança pública. A ideia é unificar dados dos estados e facilitar a execução de mandados judiciais, como o de prisão, por exemplo.

“São Paulo tem o melhor banco digital do país e nossa disposição é ajudar outros estados e formar um grande banco digital único nacional, para melhorar a efetividade dos bancos de segurança e [da execução] dos mandados de prisão”, afirmou.

João Doria: não estaremos na base, mas vamos ajudar Bolsonaro