Jogos das quartas de final estão definidos

Alemanha e Suécia voltam a se enfrentar em um jogo de Copa do Mundo (foto: Divulgação/Deutscher Fußball-Bund)

As quartas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino foram definidas ontem. Pela expectativa criada antes e durante a competição, o principal jogo será entre França e Estados Unidos, enquanto que historicamente, o grande destaque será o clássico entre Alemanha e Suécia, equipes que já decidiram um Mundial e uma Olimpíada. Noruega e Inglaterra; e Itália e Holanda são os outros confrontos.

O primeiro confronto será amanhã, às 16h, entre Noruega e Inglaterra, em Le Havre. Norueguesas e inglesas já se enfrentaram duas vezes na história dos Mundiais, com duas vitórias para cada. O primeiro confronto foi em 1995, pela fase de grupos, em confronto que acabou em 2 a 0 para as norueguesas, que conquistou seu primeiro e único título mundial naquele ano. 20 anos depois, as equipes se enfrentaram nas oitavas e as inglesas deram o troco, ao vencer por 2 a 1 e eliminar as rivais.

O confronto mais esperado as quartas será na sexta-feira (28), às 16h, em Paris, entre França e Estados Unidos, já que antes da competição as americanas foram apontadas como favoritas ao título e as francesas como a equipe com mais chances de derrubar as campeãs. O único jogo em Mundiais foi em 2011, ano em que as francesas tiveram sua melhor Copa e foram eliminadas nas semifinais pelas próprias americanas, ao perderem por 3 a 1. Ainda teve mais dois confrontos em Jogos Olímpicos, ambos vencidos pelas americanas, em 2012 e 2016.

Último confronto a ser definido, a Itália derrotou a China por 2 a 0, gols de Giacinti e Galli, enquanto que a Holanda venceu o Japão por 2 a 1, dois gols de Martens, com Hasegawa marcando o tento de honra japonês. Ao contrário dos outros jogos, esse confronto será inédito em Copas do Mundo. Os jogos mais importantes entre elas foram pela definição da última vaga para a Copa de 2015. Na ocasião, as equipes empatarem em The Hague (Holanda) por 1 a 1 e as holandesas venceram em Verona por 2 a 1 para ficarem com a vaga, adiando a volta das italianas para o mundial. Esse jogo será no sábado (29), às 10h, em Valenciennes.

Por fim, também no sábado, às 13h30, em Rennes, terá o confronto entre a bicampeã mundial Alemanha e Suécia, que já chegou a uma final da Copa em 2003, porém foram derrotadas por 2 a 1 na prorrogação, justamente pelas alemãs. Além da decisão, foram mais três jogos em Mundiais, com duas vitórias suecas, por 4 a 0 na disputa pelo terceiro lugar em 1991, e 3 a 2 em 1995. A outra vitória germânica foi por 4 a 1, nas oitavas de 2015. As rivais ainda se enfrentaram em quatro Olimpíadas, com destaque para a final de 2016 no Maracanã, em que as germânicas venceram por 2 a 0 e ficaram com o ouro inédito.

Mauro Adamoli
mauro.adamoli@jpjornal.com.br