Justiça condena cinco pessoas por assassinato no Ceará

Cinco pessoas responsáveis pelo assassinato da travesti Dandara dos Santos, de 42 anos, foram condenadas na madrugada de ontem (6). Todas foram consideradas culpadas por terem agido por homofobia, com crueldade e sem chance de defesa para a vítima. O crime aconteceu em fevereiro de 2017, na periferia de Fortaleza. Quatro adolescentes já cumprem medidas socioeducativas por terem participado da morte.