Justiça decide disputa entre Vigor e Lactalis

A disputa entre a Vigor e a francesa Lactalis em relação ao futuro da Itambé terá um capítulo que pode ser decisivo hoje. A Câmara de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo decidirá se a cooperativa CCPR tem o direito de transferir ações que possui na Itambé para o grupo Lactalis.

A Vigor tenta barrar o movimento. Dona de 50% da Itambé até o ano passado, a empresa havia costurado a venda de sua fatia para a mexicana Lala, que demonstrara interesse em ficar também com a participação da CCPR e, assim, deter controle total da Itambé. A CCPR não quis se desfazer de suas ações e exerceu direito de preferência para comprar a parte da Vigor. Logo depois, porém, anunciou que a Lactalis adquirira 100% da Itambé. A Vigor contesta a operação e diz que houve violação do acordo de acionistas.

Em pauta no Tribunal de Justiça está a continuação do julgamento de uma liminar. Caso a Vigor saia vitoriosa em seu pleito de barrar a transferência de ações da CCPR para a Lactalis, a francesa não poderá comprar a Itambé da cooperativa.

Se o tribunal entender que a operação é válida, a Lactalis poderá finalizar a compra, mas o caso não estará resolvido. Ela ainda terá de esperar o resultado de uma arbitragem para assumir de fato a empresa brasileira de lácteos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.