Kadu e Alemão elogiam o Mirassol, mas exaltam qualidade do XV

Titulares contam os dias para a semifinal; Kadu Barone não se vê como protagonista e valoriza o grupo. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Faltando apenas um dia para a segunda partida da semifinal, o XV de Piracicaba continua sua preparação para enfrentar o Mirassol, no sábado (2), às 20h15, no Estádio Barão da Serra Negra. Titulares absolutos do elenco, o zagueiro Gilberto Alemão e o atacante Kadu Barone não veem a hora da partida começar, porém tentam controlar a ansiedade. “Particularmente está demorando para passar os dias, queria jogar, a ansiedade aumenta a cada dia, porém não podemos controlá-la (ansiedade) para não afetar o desempenho dentro de campo”, disse Gilberto Alemão.

Os atletas elogiaram o Mirassol, porém estão focados no objetivo: a classificação. “Eles (Mirassol) não chegaram até aqui por sorte, fizeram uma boa campanha como nós e os outros semifinalistas, portanto, sabemos da qualidade destes times, mas também temos os nossos méritos por chegar até aqui”, disse Alemão. “Todos nós sabemos que será um jogo muito difícil. É a nossa segunda semifinal neste ano e estamos trabalhando para chegar à final, é um momento em que não podemos mais errar. Os erros ficaram para trás e entraremos focados para esta decisão e conseguir a vitória”, completou Kadu Barone.

Kadu também falou sobre sua evolução desde a disputa da Série A2, porém não se vê como o protagonista do XV. “Creio que não sou o protagonista, porque sozinho não conseguiria jogar. Evolui desde a Série A2, mas junto aos meus companheiros. O time é muito forte, mas dizer que sou o protagonista é errado. Posso decidir o jogo em qualquer momento, mas preciso dos meus colegas para tomar a melhor escolha dentro do campo”, disse.

O atacante também falou sobre seu ‘grande’ ano, já que perdeu pouquíssimas partidas. “É um ano muito bom, já que completarei 42 jogos, ficando fora de apenas três partidas, duas na A2 e outra agora diante do Linense. Me vejo bem motivado em razão desta sequência e por chegar em mais uma semifinal. Na minha cabeça penso apenas em ser campeão”, disse Kadu.

Alemão é um dos artilheiros do XV no ano, com oito gols (quatro na Série A2 e quatro na Copa Paulista), números altos para um defensor. Porém, mesmo com bastante gols, Giba não disse qual será a proposta do Nhô Quim no jogo. “A nossa equipe entrará atenta, não tenho como falar ainda se atacaremos ou defenderemos mais, uma vez que será uma partida difícil. O confronto está em aberto, portanto, vitória simples para ambos dará a classificação”, concluiu o zagueiro.

Mauro Adamoli

[email protected]