Largo dos Pescadores sedia espetáculo sobre samba

O espetáculo Virado à Paulista, do grupo de repertório Cia. Cênica de São José do Rio Preto (SP) e dirigido por Fagner Rodrigues, chega a Piracicaba amanhã. A montagem, que consiste em um cortejo-folia de rua, que homenageia o samba paulista, seus compositores e intérpretes, será apresentada às 19h, no largo dos Pescadores, na Rua do Porto. Na ocasião, haverá, ainda, bate-papo com o público sobre o tema abordado e roda de samba com o grupo Comunidade Quilombola de Piracicaba e o cantor e compositor piracicabano Juca Ferreira. A participação é gratuita.
 
 
Nomes de sambistas como Geraldo Filme, Dionísio Barbosa, Henrique Felipe da Costa, conhecido por Henricão, T. Kaçula, Paulo Vanzolini e Adoniran Barbosa serão homenageados no cortejo, que conta, também, com a participação do público. O grupo propõe uma viagem que tem como portos as raízes africanas, os encontros na Festa do Bom Jesus de Pirapora (MG), os cordões carnavalescos, a institucionalização do Carnaval, a resistência do samba de raiz, a intolerância religiosa e o preconceito racial. 
 
 
“A cia., genuinamente, pesquisa a cultura popular paulista e a relação com a comunidade negra. Olhamos de forma especial para o samba paulista e seus desdobramentos culturais, refazemos as matrizes dele e como são locados no espaço. Piracicaba tem um movimento cultural popular muito importante e essas manifestações permanecem vivas”, disse Rodrigues, acrescentando que o espetáculo ocorre no espaço da rua, em rodas e em deslocamento. Além do diretor, os atores e músicos que participam da apresentação são Beta Cunha, Cássia Heleno, Clara Tremura, Diego Guirado, Fabiano Amigucci, Glauco Garcia, Jaqueline Cardoso, Márcia Morelli e Simone Moerdaui.
 
 
Virado à Paulista estreou em 2015, participou do Circuito Sesc de Artes em 2016 e percorreu a cidade de São José do Rio Preto em 2017. A apresentação em Piracicaba integra a circulação iniciada em março pela Cia. Cênica, projeto contemplado pelo edital de Circulação de Artes Cênicas para Rua do ProAC (Programa de Ação Cultural), da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. O grupo passará, no total, por 12 cidades do Estado, buscando refazer a história do samba paulista — das raízes do samba rural às formas assumidas nos dias atuais.
 
 
Ao término da itinerância, a Cia. Cênica realizará, em sua cidade-sede, o Samba da Partilha, encontro em que compartilhará com artistas, produtores e interessados suas experiências e reflexões sobre o período de circulação. O projeto pode ser acompanhado pelo site www.ciacenica.com.br.
 
 
SERVIÇO — Cortejo-folia Virado à Paulista, da Cia. Cênica. Amanhã, às 19h, no largo dos Pescadores (rua Morais Barros, sem número, Rua do Porto). Participação gratuita. Informações: (17) 99148-1783.