Líder Supremo diz que inimigos do Irã interferem nos protestos dos últimos dias

Em suas primeiras declarações públicas em meio à onda de protestos no Irã, o Líder Supremo, Ali Khamenei, afirmou que os inimigos do país têm interferido nas manifestações dos últimos dias recorrendo a vários meios. Uma nota no site do aiatolá citou-o dizendo que, os inimigos de Teerã têm usado vários meios, como dinheiro, armas, política e inteligência “para criar problemas para o sistema islâmico”.

Khamenei, que tem a palavra final sobre assuntos de Estado, não citou nenhum país específico. Ele disse, porém, que explicará mais o quadro no futuro próximo.

As manifestações começaram na última quinta-feira em Mashhad, por problemas como a inflação e a corrupção. Elas, porém, se disseminaram por outras cidades desde então. Pelo menos 20 pessoas morreram em meio aos protestos, entre manifestantes e agentes de segurança, e centenas foram detidas, segundo as informações oficiais. Fonte: Associated Press.