Lima receberá sua 4º final de Libertadores, a 1º no Estádio Monumental

Inaugurado em 2000, estádio é a casa do Universitario de Lima. (Foto: Facebook/ Club Universitario de Deportes)

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) definiu na noite da última terça-feira (5), a mudança de sede da decisão da Taça Libertadores 2019. Anteriormente marcado para o Estádio Nacional de Santiago, no Chile, a decisão será disputada no Estádio Monumental “U”, em Lima, no Peru. O motivo da mudança foi a atual situação política do Chile, já que o país passa por diversas manifestações que poderiam colocar em risco a segurança de jogadores, torcedores e patrocinadores. A decisão mantém sua data original, já que será disputada no dia 23 de novembro.

Em nota, a Conmebol disse que a decisão foi em consenso durante a reunião de terça-feira, que contou com os presidentes do Flamengo (Rodolfo Landim), River Plate (Rodolfo D’Onofrio), da CBF (Rogério Caboclo), da AFA (Claudio Fabián Tapia) e da ANFP (Sebastián Moreno).

A decisão será entre Flamengo e River Plate, sendo que o Rubro-Negro disputará a decisão pela segunda vez em sua história (a primeira foi em 1981) e tentará conquistar um título que não vem desde a Era Zico. Atual campeão da competição, os argentinos disputarão sua sétima final em busca do pentacampeonato, já que foram campeões da América em 1986, 1996, 2015 e 2018, além dos vices em 1966 e 1976.

O Estádio Monumental “U” foi inaugurado em 2000 e atualmente é o maior estádio da América do Sul, já que é o único em que a capacidade total ultrapassa a marca de 80 mil pessoas. Será a primeira final no estádio, porém será a quarta vez em que a cidade de Lima receberá o jogo decisivo da Libertadores. As outras finais foi a terceira partida em 1971, quando o Nacional (Uruguai) derrotou o Estudiantes (Argentina). No ano seguinte (1972), Universitário (Peru) e Independiente (Argentina) empataram o jogo de ida em 0 a 0, com os argentinos sendo campeões na volta. A última final foi em 1997, em que, também no jogo de ida, Sporting Cristal (Peru) e Cruzeiro empataram em 0 a 0, com os mineiros sendo campeões na volta. Todas as finais citadas foram disputadas no Estádio Nacional de Lima.

Mauro Adamoli

[email protected]