Veneza encantos

elegante Elegante, preciosa, inimitável. Isto éVeneza, a joia da cena turística italiana,repleta de igrejas, palácios, pontes antigas, monumentos e praças, que revelam a vivacidade artística e cultural desta cidade. (Fotos: Divulgação)

Eleita inúmeras vezes a cidade mais bela do mundo, é impossível ficar indiferente a Veneza. As construções, os canais, as ruelas, as igrejas, os monumentos: cada passo revela uma história a ser descoberta, um novo mistério a ser revelado, um romance a ser vivido.

Quem passa por Veneza precisa, necessariamente, conhecer Praça San Marco, considerada pela Valle da Midia, a sala de estar mais elegante da Europa, cercado por obras de valor inquestionável. Os ‘campos‘ de Veneza são praças históricas, muitas vezes embelezadas no centro por valiosos monumentos e dominadas por edifícios religiosos imponentes e esplêndidos, de onde tiram seu nome. As ruas, em vez disso, são chamadas de calli (o singular é ‘calle‘) que serpenteiam através de duas fileiras contínuas de edifícios. Os venezianos dizem que a melhor maneira de aprender sobre a sua cidade é tomar uma rua e caminhar sem orientação, sem um mapa e sem medo de se perder, porque, como por magia, você sempre chegará na Praça San Marco.

Veneza é uma visita à história da humanidade. Seus diversos museus, construções e palácios mantêm intacta a história de centenas de anos, como se o tempo, marcado com precisão pelo relógio da torre da Praça San Marco, simplesmente não houvesse passado. Levantamento do Melhores Destinos aponta que 100% dos que visitam a cidade, recomendam a outras pessoas. É a oportunidade de mergulhar na história da Sereníssima República, iniciada há mais de 1300 anos. Com orgulho, os venezianos conservam e apresentam aos visitantes do mundo todo a história de suas navegações, suas guerras e vitórias pelo domínio do mar Adriático.

Encanta ainda a história dos doges, que governavam a república, mas tinham seu poder limitado. Enquanto em outros países os monarcas abusavam de seu poder em regimes monárquicos, Veneza estava um passo à frente. Mesmo os que não se interessam por história não ficam indiferentes a esta epopeia fascinante, que parece viva nas centenárias ruas e pontes de Veneza, que ao todo é composta por 177 canais, 118 ilhas, 400 pontes e uma cidade: Veneza.

( Da Redação)