Mais da metade dos que aderem ao Refis é excluída

Quem ficou devendo tributos vencidos a partir de maio do ano passado e não efetuar o pagamento está sujeito à exclusão do Refis. Nesse caso, o contribuinte perde os descontos e passa a dever o valor original do débito, inclusive com multas e juros. A Receita Federal planeja iniciar o cancelamento das adesões já no mês de março.

Dos cerca de 90 mil contribuintes que aderiram ao Refis, a estimativa da Receita é de que 50% a 70% acabem sendo excluídos do programa por deixarem de pagar as parcelas. Esse é o porcentual histórico dos que ingressam no parcelamento e acabam sendo excluídos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.