Mantenha-se motivado. Reinvente-se

Foque nos seus sonhos e tenha claro quais passos deve dar para alcançar seus objetivos (Foto: Freepik) Foque nos seus sonhos e tenha claro quais passos deve dar para alcançar seus objetivos (Foto: Freepik)

A rotina urbana não é nada fácil: trânsito, barulho, poluição… O estresse é certo. Todo esse cronograma já começa pela manhã, com a ida ao trabalho. O cansaço e o desânimo chegam mais cedo e a motivação vai embora. Todavia, alguns hábitos podem ajudar para que o prazer pelo trabalho retorne, e assim as atividades diárias sejam muito mais produtivas.

Segundo Miriam Moreira, especialista em carreiras e professora da Inova Business School, da Unità, a rotina não deve ser visto como algo ruim, pois ela auxilia a organizar o dia a dia. “As rotinas fazem parte da vida, seja no trabalho ou na vida pessoal. Elas nos ajudam a manter a vida organizada e evitar confusões inesperadas, que surgem quando algo não foi cuidado devidamente”, afirma. “Porém, elas não podem ocupar todos os momentos da vida. Precisamos criar espaços para novos projetos, novas práticas, melhorias e isso vêm por intermédio da criatividade, inovação e novos aprendizados.

A melhor forma é buscar a maneira correta de balancear o nosso dia a dia com uma boa distribuição do tempo e das atividades, com o objetivo de cuidar dos dois aspectos: a rotina e a criatividade”.

Tudo flui melhor quando fazemos o que amamos, pois o trabalho exige menos esforço pessoal, mas a maioria das pessoas não vive essa realidade ideal. Miriam cita a pesquisa do americano Daniel Pink, especialista em ciência comportamental, para explicar como as necessidades e obrigações da vida profissional podem ser vistas positivamente, como um trampolim para melhores possibilidades. “Essa pesquisa mostra que todos nós buscamos as mesmas coisas: autonomia, propósito e domínio. Isso nos motiva tanto para a vida atual quanto em relação aos sonhos, visão de futuro. Precisamos fazer planos para buscar os caminhos que nos levam na direção desse sonho, com o entendimento claro do que realmente queremos e quais são os passos que nos levarão a alcançar nossos objetivos”, explica ela. “Muitas vezes, trabalhar em algo que não é a nossa escolha principal pode ser exatamente o que precisamos para criar a estabilidade e recursos que serão necessários para a construção desse sonho. A função exercida pode ser uma passagem para as próximas etapas e, quanto melhor a pessoa executa seu trabalho, mais oportunidades surgem e mais preparada ela fica para assumir novas responsabilidades com autonomia”.

De acordo com a especialista em carreiras, dicas práticas podem ser aplicadas diariamente para tornar as atividades em instigadoras da motivação. Conhecer a si mesmo é um dos passos mais importantes, enquanto manter uma postura de aprendizado e crescimento é indispensável. “Um médico não se torna um excelente médico apenas com a formação na faculdade: tem que conhecer cada vez melhor os pacientes, os novos tratamentos, praticar muito, saber como se relacionar com todos, e muito mais. O mesmo vale para qualquer trabalho. A maior motivação vem de compreender que não sabemos tudo e que sempre temos algo a aprender para sermos melhores e com isso termos maior empregabilidade ou competências para empreender”, aconselha Miriam.

O EMPREGADOR

Talvez mais importante do que o próprio funcionário, é que o líder também crie um ambiente de trabalho motivador. Para isso, Miriam recomenda que exista proximidade entre o empregador e o funcionário, no qual o chefe possa conhecer as especificidades de cada um. “É importante conhecer cada funcionário, contribuir para que a carreira dessas pessoas evolua. Ouvir as expectativas das pessoas também é necessário, além de oferecer um feedback sobre como está o desempenho de cada um”, recomenda. “Criar e manter uma marca empregadora faz com que as melhores pessoas queiram trabalhar nesse lugar, contribuindo para o sucesso do negócio e crescimento pessoal”.

Mariana Requena