Marketing Relacionado às Causas Sociais

As empresas não podem perder de vista que para dar continuidade em seus negócios precisa gerar receitas que superem todas as despesas e gastos que apresentam, porém essa realidade não deve estar dissociada do que as organizações são capazes de fazer para melhorar a realidade social, portanto, identificar o que as organizações podem fazer e como podem agir, parece emergir como estratégia para as empresas num contexto em que a sociedade está em destaque.

Verifica-se em diversos estudos que há dificuldade de as organizações compreenderem a responsabilidade social nas empresas, bem como o marketing para causas sociais e essas ações pode ser uma ação para promover sua marca diante da sociedade como empresa cidadã.

O marketing Relacionado à Causa Social é uma ferramenta que, de muitas maneiras, está relacionada à Responsabilidade Social Empresarial, pois atua como uma excelente forma de expressar o comprometimento da empresa em ser socialmente responsável.

No entanto, é possível considerar o marketing relacionado à causa social como uma terminologia restrita, muitas vezes pouco compreendida e mal utilizada, para descrever o enorme número de possibilidades e associações que surgem no cenário empresarial. Ele pode ser entendido como uma ferramenta estratégica do marketing e de posicionamento que associa uma empresa ou marca a uma questão ou causa socialmente relevante em beneficio mútuo. Pode ser ainda compreendido como a relação direta entre uma atividade de consumo e uma doação da empresa.

As ações do marketing relacionado à causa social tornam possíveis não apenas o aumento de notoriedade ou melhoramento de imagem corporativa, mas também o aumento da possibilidade de geração de novos negócios, o que, por consequência tende a se consumar em elevação dos lucros em longo prazo. Em outros termos, a empresa dá ênfase ao que se pode chamar de filantropia estratégica.

Os recursos e os meios utilizados pelas empresas para atingir seus objetivos podem gerar impactos positivos ou negativos no ambiente, o que pode repercutir em termos de opinião pública favorável ou desfavorável para a empresa. Diante dessa situação, ou seja, da possibilidade de ter a marca e seus produtos mal vistos no mercado, muitas empresas estão tentando responder às diversas demandas da sociedade, sobretudo, as que tocam a qualidade do produto e do serviço, o meio ambiente e sua conservação.

Mostrar-se atento, e respeitoso, às causas sociais e ambientais vem se tornando não apenas uma forma de manter e aumentar os lucros, mas sim de mostrar que caminho a empresa está disposta a seguir para atender a seus clientes, para contribuir com a sociedade e para manter-se focada em um futuro sustentável.

As empresas cidadãs incluem em suas estratégias de marketing preocupações econômicas, legais, éticas e filantrópicas. Ao apoiar causas sociais todos ganham consumidores, ao consumir, contribuem com seus programas favoritos; empresas desfrutam de maior credibilidade e a causa em si recebe ampla publicidade, permitindo atrair novos membros e apoio financeiro.