Medicina, profissão de dedicação, amor e desprendimento

medicina Carlos Joussef é presidente da Unimed Piracicaba. ( Foto:Filipe Paes/ Studio 47)

Hoje (18), é comemorado o Dia do Médico. A medicina exige dos profissionais, abnegação, inovação e, principalmente, humanização. Isso tudo motivou o médico Carlos Joussef a escolher e dedicar-se à profissão. Ginecologista e obstetra desde 1980, Joussef já fez mais de 10 mil partos, além de ser presidente da Unimed Piracicaba. Para ele, é motivo de celebração a vontade de cuidar de tudo e de todos. Desde a infância, Joussef adorava resgatar animais e cuidar de seus ferimentos, inspirado na postura humanista do médico da família, por quem nutria profunda admiração. Graduado pela USP (Universidade de São Paulo), de Ribeirão Preto, e especializado em ginecologia e obstetrícia, ao terminar os estudos Joussef voltou para Rio das Pedras com o propósito de ficar perto da família. Mas foi em Piracicaba que o médico encontrou o lugar ideal para exercer a profissão, chegando à presidência da Unimed em 2012. “A medicina exige dedicação, amor, desprendimento total e ausência do controle de horários com família, amigos”, enfatiza.
Joussef se divide entre a gestão da Unimed, procedimentos cirúrgicos e atendimento de pacientes em seu próprio consultório. No tempo livre, se dedica a companheira Adriana Viotti, aos amigos e à família, além de acompanhar os passos de sua filha Malu que, a exemplo do pai, trilha seu caminho no curso de medicina em São Paulo. “Quanto mais conhecimento um profisisonal de medicina tem, melhor para o paciente e também no reconhecimento do profissional. A inovação deve ser constante na medicina, mas é imprescindível aliar tudo isso a humanização, ao acolhimento”, avalia.

INAUGURAÇÃO — Com 592 médicos assoaciados e 170 mil beneficiários, a Unimed Piracicaba lança hoje (18), o serviço Health Life – Viver Bem de Atenção Primária à Saúde (APS) voltado às famílias e aos coladodores da Unimed Piracicaba, mais de 4.000 pessoas, e aos funcionários e familiares da Hyundai e empresas satélites, totalizando quase 10.000 pessoas. “É um novo modelo de atendimento, já usado na Europa, em países como Espanha e Portugal, em bairros com mais de 40.000 moradores. O atendimento visa o equilíbrio da saúde de toda a família”, explica Joussef.
Há cerca de 3 anos, o primeiro piloto da APS em Piracicaba incluiu 1.200 beneficiários do Sindicato dos Metalúrgicos Aposentados, com boa aceitação entre os usuários. A APS da Unimed Piracicaba conta com cinco consultórios para atendimentos pré-agendados, de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas.

(Eliana Teixeira)