Médico invade catedral e quebra objeto religioso

Um médico de 59 anos, morador do São Dimas, invadiu a Catedral de Santo Antônio na noite de terça-feira (3), e violou o
ostensório que estava no altardo templo religioso durante momento de exposição do Santíssimo Sacramento e o quebrou em duas partes. De acordo com os policiais militares que atenderam a ocorrência“o suspeito aparentava ter problemas psiquiátricos.” O ostensório é um objeto que guarda a hóstia.
 
Por meio de nota, a Diocesede Piracicaba lamentou o fato ocorrido e espera que os familiares do suspeito e as autoridades
policiais tomem as medidas cabíveis, motivo pelo qual foi registrado boletim de ocorrência no plantão policial. “Uma pessoa, emocionalmente abalada, entrou na igreja por volta das 19h15 desta terça-feira (3), invadiu propositalmente o presbitério da
Sé Catedral Santo Antônio durante a exposição do Santíssimo Sacramento que estava sobre o altar. Durante a recitação
do terço, o mesmo desferiu um golpe brutal no ostensório no qual conserva-se a Eucaristia. O ostensório foi danificado
em duas partes, e a hóstia foi profanada”, informou.
 
A diocese lembrou também que, diante do fato, imediatamente o Cura e pároco da Sé Catedral, monsenhor Ronaldo
Francisco Aguarelli, recolheu a Eucaristia, acalmou os fiéis e tomou a decisão de registrar o boletim de ocorrência no
plantão policial. “O ato de reparação à Santa Eucaristia foi realizado na missa de adoração ao Santíssimo. Já o ostensório danificado foi encaminhado para os devidos reparos.”