Menino de 3 anos morre afogado em piscina

local Família preparava um chá de bebê de familiar no local . (Foto: Divulgação)

Um menino de três anos morreu afogado após cair na piscina de uma chácara, próximo ao Ceasa, no último sábado. A vítima foi encontrada desacordada no fundo da piscina pelo avô. O garoto foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até o Hospital Santa Casa, onde permaneceu internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica, mas morreu por volta das 10h de anteontem, segundo o departamento de comunicação do hospital. A Polícia Civil vai apurar o caso.

Os familiares informaram à polícia que estavam na chácara para preparar o chá de bebê de uma tia do garoto. Durante à tarde de sábado, eles perceberam a falta da criança e passaram a procurá-lo. O avô da criança teria encontrado-a já no fundo da piscina.

Os socorristas do Samu fizeram os primeiros procedimentos até conseguirem estabilizar o menino. Em seguida foi levado ao hospital, onde permanecia internado, mas não resistiu.

DICAS — A Polícia Militar reforça a necessidade do cuidado das crianças, principalmente, nas imediações de piscinas, lagos, tanques, baldes, entre outros. Segundo o chefe de Operações do Copom (Centro de Operações da Polícia), tenente Frederico Augusto de Faria, os atendentes recebem em média uma solicitação de atendimento envolvendo criança por semana. Os casos mais comuns são desengasgamento com leite, mas já registrou casos de afogamento.

“Dos casos atendidos tivemos 100% de sucesso. Casos assim são considerados como críticos. Praticamente para-se tudo para atendê-los. Já tiveram situações em que o solicitante falava com o atendente enquanto uma viatura parava em frente à casa da vítima. Durante o atendimento também conseguimos acionar qualquer equipe da corporação, como os bombeiros, por exemplo, dependendo da necessidade”, afirmou Faria.

O policial acrescentou que a capacitação dos integrantes do Copom é continua. Recentemente, os atendentes participaram de um treinamento sobre o tema com o Corpo de Bombeiros durante o Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho), na sede do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior).

(Cristiani Azanha)