Mercado automotivo tem crescimento de 17,4% no ano

Levantamento foi feito nos 11 meses de 2019 em comparação ao mesmo período do ano anterior. (Foto: Amanda Vieira/JP)

O mercado automotivo de Piracicaba segue aquecido. Segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), até novembro, o crescimento nas vendas é de 17,4% em relação ao ano anterior, sendo 10.369 veículos emplacados este ano, ante 8.837 em 2018, o que reflete numa venda de 1.532 veículos a mais.

A federação divulgou o desempenho das vendas no mês de novembro e, também, no acumulado de 2019. Em Piracicaba, no total, a maioria é formada por carros de passeio (6.922), seguido de motocicletas (2.305), o restante de unidades se refere a ônibus, comerciais leves e caminhões. No mês de novembro, foram comercializados 664 carros de passeio, 201 motocicletas, e o restante 107, são comerciais leves e caminhões.

Ainda de acordo com os dados compartilhados pelo Fenabre, cerca de 30 veículos por dia foram vendidos em 11 meses de 2019. Já em 2018 nessa mesma época do ano, 26 veículos foram vendidos.

De acordo com o diretor da Hyundai, Thiago Sanchez, a expectativa é que o mercado automotivo cresça entre 8 e 9% em 2020. “A procura no final do ano está excelente. O 13° deu uma boa aquecida no mercado automotivo. Os nossos clientes estão trocando seus carros neste momento do ano. A projeção é que em 2020 a Hyundai venda entre 8 e 9% a mais em relação ao ano de 2019”, afirmou.

MAIS VENDIDOS

O modelo HB20 da Hyundai é o segundo carro mais vendido no Estado de São Paulo em 2019, segundo dados da Fenabrave. O compacto da montadora coreana vendeu 30.496 unidades, ficando atrás do GM Ônix, com 30.496 unidades vendidas neste ano no Estado. O terceiro mais vendido é o Jeep Renegade com 24. 699 unidades.

BRASIL

Segundo a entidade, no Brasil, no acumulado de janeiro a novembro de 2019, a alta foi de 10,3%, com o total de 3.665.370 veículos novos emplacados, ante as 3.322.200 unidades registradas, em igual ao período do ano passado.

Em novembro, o volume das vendas somou 345.386 unidades, o que representou avanço de 7,8% sobre novembro de 2018, porém, com queda de 6% sobre outubro de 2019, em função do menor número de dias úteis (23 dias úteis em outubro, contra 20 dias úteis em novembro – sem considerar o dia 20 como feriado nacional).

Marcelo Uliana

[email protected]