Mercado das Indústrias Criativas movimentará São Paulo semana que vem

Mercado das Indústrias Criativas movimentará São Paulo semana que vem
Fonte: Agência Brasil

Terá início na próxima segunda-feira (5) a primeira edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MicBR) em onze espaços na região central da capital paulista.

Os promotores esperam atrair até duas mil pessoas por dia para os cursos, palestras e debates. Está prevista ainda uma programação cultural que deve atrair três mil expectadores por dia, mas que pode chegar aos 30 mil, nos cálculos dos organizadores, durante o fim de semana. O encerramento será com um show do bandolinista brasiliense Hamilton de Holanda, no domingo (11).

As atividades abrangem dez setores da economia criativa: artes cênicas (circo, dança e teatro), audiovisual (cinema, TV, publicidade e novas mídias), animação e jogos eletrônicos, design, moda, editorial, música, museus e patrimônio, gastronomia e artes visuais. Haverá, por exemplo, aulas com chefs de cozinha renomados do Brasil, Colômbia, Argentina e Peru.

Profissionais brasileiros e de outros países compartilharão experiências com o público. Entre eles, o fotógrafo Bob Wolfenson e o rapper Emicida, falando sobre o Lab Fantasma – gravadora, editora, estúdio, produtora de shows e marca de roupas fundada por ele.
Um dos principais estilistas do Japão, Kunihiro Morinaga fará uma palestra sobre o seu trabalho com roupas inteligentes.

Contatos

Com a presença de aproximadamente 500 empresas, o evento também pretende ser um espaço para facilitar contatos entre empreendedores e promover vendas de produtos e serviços.

Serão oferecidas oportunidades de mentoria e orientação em temas como marketing digital, finanças, modelo de negócios, assessoria jurídica e patentes. A organização espera que o MicBR movimente mais de US$ 10 milhões em negócios.

Durante o último dia do evento (11), a Avenida Paulista terá diversas feiras com produtos diversos. A Feira Garotas no Poder vai mostrar a produção de marcas autorais criadas a partir de uma rede de trabalho para mulheres.

Pequenos e médios produtores vão levar alimentos e bebidas para a Sabor Nacional. A Feira Preta apresentará a produção de empresários negros nos ramos de moda, música, audiovisual, design e tecnologia.

O MicBr é promovido pelo Ministério da Cultura e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A proposta se inspira no Mercado de Indústrias Criativas Argentinas e no Mercado de Indústrias Culturais do Sul.

Mercado das Indústrias Criativas movimentará São Paulo semana que vem