Ministro do Irã condena ataques de EUA, Reino Unido e França à Síria

Beirute, 15 (AE) – O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, condenou os ataques com mísseis dos Estados Unidos, da França e do Reino Unido contra a Síria. Segundo a autoridade, nenhum país tem o direito de adotar medidas de punição contra outro “para além dos procedimentos internacionais”.

Zarif foi citado pela agência semiestatal Fars. Segundo ele, o Irã já havia advertido sobre a possibilidade de que “grupos terroristas” estivessem por trás de um suposto ataque com armas químicas num subúrbio de Damasco que foi o estopim para o ataque com mísseis. O ministro iraniano disse que comunicou suas preocupações durante um telefonema neste domingo com o ministro das Relações Exteriores britânico, Boris Johnson.

O Irã é um importante aliado do presidente sírio, Bashar al-Assad. As forças de Assad são acusadas de realizar o suposto ataque com armas químicas há cerca de uma semana em Douma, área até então controlada por ativistas da oposição. Segundo equipes de resgate, mais de 40 pessoas morreram no episódio. O ataque provocou a retaliação de EUA, Reino Unido e França. Fonte: Associated Press.