Moradores do Dona Antônia estão sem água há oito dias

“As vezes tenho que ir na casa de um amigo para tomar banho e ir trabalhar”, diz morador do bairro.. (foto: Amanda Vieira/JP)

Os moradores do bairro Dona Antônia estão há mais de oito dias sem água em suas casas. A falta de água nessa região tem sido um problema constante e anda gerando muito incomodo para quem mora no local.

Segundo Anderson Vasconcellos, o Semae (Serviço Municipal de água e Esgoto) não está dando muita atenção ao caso. “É um desrespeito com o ser humano. É bem complicado nossa situação aqui sem água. As vezes tenho que ir na casa de um amigo para tomar banho e ir trabalhar”, conta.

Anderson ainda relata que o caos poderia ser maior ainda se os vizinhos – que tem poço artesiano em sua casa – não ajudassem os demais moradores da região. “Os vizinhos emprestam a água para os moradores. Nós enchemos a caixa e depois fazemos economia para que a gente possa cozinhar e tomar banho por alguns dias”, completa. O casal Isael e Luzia Ribeiro também estão indignados com o problema. Isael comentou que já foi diversas vezes ao escritório do Semae para tentar resolver a situação, porém nunca obteve sucesso. “Sempre quando vou lá, eles falam que vão mandar os profissionais resolver o problema, mas nós estamos esperando até agora.

Tenho dois protocolos abertos comigo onde eles alegam que eu só vou pagar minha fatura de água quando eles sanassem o problema”. Já para Luzia, a situação é tratada como uma calamidade. “Minha vizinha tem cinco crianças e não tem água para beber ou tomar banho. Fomos para Saltinho buscar água para fazer nossos serviços”, lamentou.

Em nota a assessoria de imprensa do Semae informou que a falta de abastecimento foi causado pelo alto consumo no final de semana e “possível rompimento de rede”. Além disso, destacou que “já enviou diversos caminhões-pipa a fim de restabelecer o reservatório que abastece a região. Em paralelo, equipes da autarquia percorrem o trecho em busca de vazamentos.”

Marcelo Uliana
[email protected]