Moradores do Itapuã reclamam da coleta seletiva

Lixo reciclável começa a se acumular nas casas dos moradores do Itapuã.

Moradores do Bairro Itapuã de Piracicaba reclamam que a Coleta Seletiva não os atende há dois meses.

Os reclamantes estão incomodados por não serem atendidos pela coleta seletiva, situação que já vem acontecendo durante dois meses e todo o material reciclável que seria descartado está sendo armazenado nos quintais das residências de mais de 20 famílias.
“A gente guarda pra não misturar com o orgânico, mas tem bastante material já, o quartinho de casa está cheio”,
relata a dona de casa Eva Moraes Ferreira, 69.

O armazenamento de materiais recicláveis em casa, de início, pode não parecer algo tão alarmante por ser material “limpo”, mas podem sim atrair animais, principalmente insetos e até peçonhentos.

Conforme lembra Eva, a população brasileira demorou anos para aderir a ideia de separação de lixo, sendo que
alguns ainda encontram uma certa dificuldade em realizar tal ato, não dando a devida importância para a reciclagem. “Felizmente os moradores do bairro Itapuã assim como outros bairros da cidade necessitam da coleta seletiva para reciclar mas para que façam sua parte precisamos que a prefeitura faça a dela, bem como a empresa Ambiental”, disse.

Os moradores esperam que o problema seja resolvido o quanto antes para descartarem corretamente os materiais recicláveis.

A reportagem entrou em contato com empresa responsável pela coleta de lixo da cidade a Ambiental e, até o fechamento desta matéria, a empresa não se posicionou sobre o assunto

(Letícia Azevedo)