Moradores reclamam de acúmulo de lixo em bairro de Piracicaba

Os moradores de três casas localizadas em um trecho sem saída da avenida Raposo Tavares, na Pauliceia, reclamam de  acúmulo de lixo há 11 dias em uma caçamba em frente aos imóveis.

O problema teve início depois que a caçamba onde os detritos eram depositados se quebrou e o caminhão da coleta parou de recolher o lixo. A vendedora Valéria Cristina de Oliveira disse que a mãe dela e o irmão moram no local e as casas dos familiares e de um vizinho são as mais prejudicadas pela quantidade de detritos em frente.

“Além do mau cheiro a calçada está cheia de vermes devido o lixo que se acumulou na frente”, contou a mulher. Ela disse que a família já procurou a Prefeitura de Piracicaba e a Sedema (Secretaria de Defesa do Meio Ambiente) mas até o momento nada foi feito.

 

Limpeza

A assessoria de imprensa da Piracicaba Ambiental – empresa responsável pela coleta de lixo na cidade – informou que a coleta naquele ponto é feita regularmente de terça-feira, quinta-feira e sábado, no período diurno. “Vamos substituir a caçamba que se encontra quebrada por uma nova e restabelecer a coleta no local”, informou por nota.

De acordo com o setor de comunicação, no local ocorre muito descarte irregular de lixo e, por isso, ocorre o acúmulo. “Amanhã (sábado) estaremos limpando o local e iremos fazer a limpeza em torno para que não fique lixo em volta”, informou a assessoria.

(Beto Silva)