Moradores reclamam de alagamento

Um bueiro presente na avenida Presidente Kennedy tem ficado entupido com frequência em razão das fortes chuvas que caíram na cidade nos últimos dias. O Edifício Nova Piracicaba fica em frente ao problema, já que o alagamento afeta seu estacionamento no subsolo que fica inundado pela água da rua que não é absorvida pelo bueiro entupido, ou seja, dificulta a entrada e saída de veículos no condomínio.

Ângela Zanatta, síndica do prédio, disse que não é a primeira vez que o estacionamento é alagado em razão de uma tempestade. “Toda vez que chove, nós sofremos com este problema no estacionamento. O zelador tem que limpar sempre, já que além da água suja, o lixo da rua também desce para lá, contribuindo com a sujeira”, explica Ângela.

Após a tempestade de quarta-feira (23), o bueiro só desentupiu às 12h de quinta-feira (24). Além do prédio, a avenida também fica prejudicada já que a água acumulada inunda o local, dificultando a passagem de pedestres. “Ficam difícil passar pelo local, sem contar os motoristas, que quando passam, molham as pessoas. Eu mesma já fui vítima desses motoristas”, comenta a síndica, ao ressaltar que o zelador também faz o trabalho de limpeza da avenida. “Nós pedimos para ele limpar a frente do prédio, mesmo sabendo que não é responsabilidade dele”, acrescenta.

A síndica diz que esse problema já acontece há pelo menos quatro anos e que os síndicos anteriores já fizeram reclamações para a Prefeitura. “Já fizemos uns três ou quatro protocolos, porém eles sempre dizem que mandarão alguém para examinar o local, porém nunca veio ninguém. Após tantas reclamações sem resultados, até desistimos de procurá-los”, detalha Ângela.

Além do problema com o bueiro, a falta de água no edifício também vem sendo recorrente, com o condomínio tendo que comprar 10 caminhões-pipa nos últimos dois meses. “Cada caminhão deste custa cerca de R$320. Na noite de quarta, ficamos novamente sem água, com o caminhão chegando apenas às 23h30”, detalha.

OUTRO LADO

A Semob (Secretaria Municipal de Obras) disse que programará a limpeza da boca de lobo e rede da avenida Presidente Kennedy nos próximos dias. O Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) realizará uma análise no local e orienta que nessas situações, o munícipe protocole a solicitação de estudo diretamente na sede do Semae, a rua XV de Novembro, 2200.

Mauro Adamoli

mauro.adamoli@jpjornal.com.br