Moradores reclamam de esgoto perto do Lago Azul

Segundo moradores, lago que era ponto turístico está abandonado e tomado pela poluição (Foto: Claudinho Coradini/JP) Segundo moradores, lago que era ponto turístico está abandonado e tomado pela poluição (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Moradores próximos ao Lago Azul, no distrito de Ártemis, reclamam de mau cheiro e suspeitam de despejo de esgoto no corpo d’ água. No passado, local foi considerado um ponto turístico devido à limpidez da água e hoje está em situação de abandono. O autônomo Bruno Campos disse que há três dias percebeu mudança no cheiro e na tonalidade da água, ele contou que entrou em contato com o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) de Piracicaba e com a empresa Águas do Mirante – responsável pelo tratamento de esgoto na cidade. “Liguei e eles pediram para esperar 24 horas, que já se passaram”, afirmou.

O presidente do Conseg (Conselho Municipal de Segurança), Márcio Pereira, disse que o lago fez parte de um levantamento de preservação de nascentes realizado há um ano e meio. Ele contou que o estudo apontou a necessidade de preservação do Lago Azul que poderia ser usado como captação de água para o distrito e região. O grupo reuniu o Conseg, ONG (Organização Não Governamental) e a iniciativa privada, porém, não houve avanços e espera que o trabalho seja retomado.

Ele disse que a situação de abandono existe há cinco anos e o lago está morrendo. Para ele, o excesso de água pluviais das galerias recém-construídas nas ruas próximas pode estar caindo no lago.

OBSTRUÇÃO

Por meio da assessoria de imprensa, a empresa Águas do Mirante, informou que uma equipe foi até o distrito ontem e não constatou obstrução na rede de esgoto, o que poderia causar o despejo de efluentes no lago.

O setor de comunicação informou que, caso o problema persista, será necessário um trabalho mais minucioso na rede de esgoto, que inclui a verificação nas redes dos imóveis a fim de buscar a existência de ligações clandestinas de esgoto. Para este trabalho é usada a anilina (corante de alta concentração)capaz de identificar despejos irregulares.

Beto Silva