Moradores vão ao MP contra fechamento de vicinal

trecho Trecho da vicinal em obras: moradores ilhados. ( Foto: Divulgação)

Moradores e proprietários de chácaras do Condomínio Portal da Serra, localizado na estrada vicinal Ângelo Zaguetti, que liga São Pedro a Torrinha, protocolaram uma representação no Ministério Público pedindo providências quanto ao fechamento da vicinal paras as obras de asfalto. A população reclama de não ter rotas alternativas para acessar a estrada e alega ter sido prejudicada, principalmente, nos dias de chuva.

O Ministério Público informou, por meio de assessoria de imprensa, que a representação foi protocolada na segunda-feira (22) na Promotoria de Patrimônio Público e, posteriormente, será encaminhada à Promotoria de Habitação e Urbanismo. “A promotoria ainda está analisando o caso para as providências cabíveis”, diz em nota.

Segundo os moradores, o fechamento da vicinal tem causado transtornos e tirou deles o direito de ir e vir. O médico oftalmologista, Luiz Augusto Guimarães de Souza disse que os desvios apontados pela Prefeitura de São Pedro estão cada dia em um lugar e, nos dias chuvosos, ficam intransitáveis.

Souza tem uma chácara no Portal da Serra, mas atende moradores do condomínio em seu consultório em Piracicaba, porém, desde a interdição, seus pacientes não conseguem chegar no horário para as consultas. Além disso, os seguranças não conseguem chegar ao condomínio quando chove, deixando o local sem vigilância à noite. Ele alega, ainda, que os trabalhos estão paralisados há mais de um mês e as chuvas são recentes.

O engenheiro civil Salvador Antônio Gorni contou que mora no condomínio há mais de 30 anos e utiliza a vicinal diariamente, pois precisa se deslocar a São Pedro. “Eles fecharam a estrada porque não tinha como transitar de carro durante o trabalho. Eles terminaram o que tinham que fazer e não estão fazendo mais nada. A estrada está abandonada e continua fechada, então o que temos feito é passar pelo desvio num sítio que o proprietário nos autorizou, mas quando chove ninguém passa”, reclamou. Ele disse que não consegue escoar sua produção de orquídeas em vans e caminhões nesses dias. “A outra alternativa é um desvio que aumenta em 20 quilômetros o percurso, eu passei lá hoje (ontem) e não há condições, então, estamos todos ilhados aqui”, afirmou.

O deputado estadual Roberto Morais (PPS) disse que as obras da vicinal foram objeto de emenda parlamentar apresentada por ele. Morais disse que as obras estão suspensas por causa das chuvas que impossibilitam a realização dos trabalhos.A prefeitura de São Pedro foi questionada sobre as rotas alternativas, mas até o fechamento desta edição não havia respondido às questões.

(Beto Silva)