Moradores vão ‘fechar’ a rodovia Hermínio Petrin (SP-308) contra pedágio no dia 1º de fevereiro

Manifestantes prometem agora interditar a SP-308 contra pedagio no km 180 (Credito: Claudinho Coradini)

Os moradores dos bairros Santana e Santa Olímpia organizam para o dia 1º de fevereiro mais uma manifestação contra a instalação da praça de pedágio no quilômetro 180 da SP-308 (Hermínio Petrin), que liga Piracicaba a Charqueada. Ao contrário do ato realizado na semana passada, que se concentrou em Santana, desta vez os manifestantes irão interditar a rodovia.

Para isso, órgãos como a Polícia Militar Rodoviária, Guarda Civil, Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte) e o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) foram comunicados via ofícios assinados pelos presidentes das associações do bairro e do Conseg (Conselho de Segurança da Região de Santa Teresinha).

Sem um retorno da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) na reivindicação de manter o pedágio no quilômetro 182,5, a população decidiu realizar a manifestação, conforme explicou Márcio Pereira, presidente do Conseg.

“A manifestação é muito simples, a Artesp ainda trabalha no quilômetro 180, e nós estamos lutando para que volte o projeto original e que façam as nossas rotas de passagem para os bairros, é bem isso”, afirmou Pereira.

SEM PREVISÃO

A Artesp informou ontem que a localização da praça foi reavaliada no projeto de forma a não deixar nenhum dos bairros próximos da divisa entre Piracicaba e Charqueada sem acesso à região central do município.

Assim, com a praça na atual localização definida em edital, os moradores dos bairros de Santana e Santa Olímpia terão acesso à região central de Piracicaba através do viário municipal, sem passar pela praça de pedágio localizada na rodovia estadual SP-308. E os moradores de Santa Luzia, em Charqueada, também não precisarão passar pelo pedágio para chegar à região central do município.

“É importante considerar que, mesmo tendo acesso ao centro por via municipal, os moradores que optarem por utilizar a rodovia estadual terão 5% desconto nos pagamentos pelas cabines eletrônicas, além de descontos adicionais progressivos a cada passagem pela praça – esse modelo será adotado em toda a malha do Lote de concessão Piracicaba-Panorama”, informou.

A tarifa de pedágio prevista para o quilômetro 180 da SP-308 está, atualmente, em R$ 5,02. Segundo a Artesp, ainda não há previsão do início da cobrança de pedágio e antes do início de operação da praça, a concessionária terá a obrigação contratual de cumprir integralmente as obras previstas no Programa Intensivo Inicial.

Segundo a Artesp, no ano passado, a Prefeitura de Piracicaba recebeu mais de R$ 1,6 milhão em repasses do ISS-QN que incide sobre as tarifas de pedágio já vigentes na região – valor que aumentará com a nova concessão.

Beto Silva
[email protected]