MRS foi a única ferrovia que melhorou

Entre 2001 e 2016, a única empresa que conseguiu melhorar os índices de velocidade foi a MRS, formada por um grupo de empresas do setor de mineração, como CSN, Usiminas e Gerdau. O diretor de relações institucionais, Gustavo Bambini, afirma que a melhoria foi decorrente da redução dos conflitos urbanos.

O trabalho é feito com as prefeituras, pois em alguns casos há necessidade de realocar as famílias que estão às margens das ferrovias. No Guarujá, por exemplo, algumas famílias foram retiradas do local. Há situações em que a empresa constrói muros para evitar invasões.

Ainda, assim, segundo Bambini, há casos difíceis de resolver, especialmente quando a comunidade está há décadas no local. A MRS atravessa 105 municípios no Sudeste.

Em 1.643 km de malha, há quase 1.200 passagens em nível com a ferrovia. Segundo a empresa, só com a manutenção das passagens, são investidos R$ 8 milhões por ano.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.