Mulher é flagrada na Penitenciária com maconha nas partes íntimas

Droga foi identificada pelo scanner (Divulgação/SAP)

A companheira de um detento de 20 anos foi presa após ser acusada de entrar na Penitenciária Masculina de Piracicaba portando uma porção com maconha nas partes íntimas, no sábado (14). Ela pretendia visitar o companheiro, que cumpre pena na unidade. Segundo os agentes de segurança penitenciária, a jovem passava pela revista com a utilização do escâner corporal, quando os funcionários perceberam que ela tinha um volume estranho na altura da cintura.

Ela teria confessado que tentava entrar na unidade com os entorpecentes a pedido de “terceiros” e que não sabia para quem seria o destinatário dos entorpecentes. A acusada foi levada ao plantão policial pela Polícia Militar, acompanha pelos agentes do presídio. A jovem foi autuada em flagrante sob acusação de tráfico de entorpecentes, e depois ficou em uma cela anexa à carceragem, que fica no mesmo prédio do 1o Distrito Policial.

A SAP (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) informou em nota, que a unidade prisional abriu Procedimento Administrativo Disciplinar para apurar se o companheiro dela, que está preso na penitenciária, participou do crime.

Mês passado, outra visitante da mesma idade também tentou entrar na mesma unidade portando uma porção com maconha e cocaína nas partes íntimas. Ela pretendia visitar o companheiro, que cumpre pena na unidade. A jovem também foi presa acusada de tráfico de drogas.

 

Cristiani Azanha

[email protected]