,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Todos os presidentes que ganharam filmes no País
  • Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana
  • Ocimar Versolato morre aos 56 anos em São Paulo

Netanyahu prevê que mais países irão reconhecer Jerusalém como capital
Agencia Estado
07/12/2017 11h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declarou nesta quinta-feira que o presidente dos EUA, Donald Trump, "entrou para sempre" para a história de Jerusalém ao reconhecer ontem a cidade como capital israelense. Segundo Netanyahu, que falou no Ministério de Relações Exteriores, outros países estão considerando seguir a iniciativa dos EUA de reconhecer Jerusalém. Netanyahu afirmou que "chegou a hora" e demonstrou confiança de que mais governos farão como Washington e transferirão suas embaixadas para Jerusalém. Enquanto isso, militares israelenses disseram que vão deslocar forças adicionais para a Cisjordânia antes desta sexta, quando palestinos deverão realizar protestos em massa em resposta ao gesto de Trump. Palestinos entraram em greve na Cisjordânia, Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental nesta quinta e esperam-se protestos amanhã, após as tradicionais preces de meio-dia. Fonte: Associated Press.
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar