,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Construção abandonada gera transtornos e moradores reclamam
  • Vendas no comércio crescem 3,6% no Dia dos Namorados
  • Rapaz é detido por populares após roubar celular de jovem

Ex-ministro da Venezuela é preso acusado de complô com EUA contra Forças Armadas
Agencia Estado
14/03/2018 06h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Autoridades venezuelanas prenderam hoje, em um hotel em Caracas, o ex-ministro de Relações Interiores, general aposentado Miguel Rodríguez Torres, a quem o governo acusou de envolvimento em complôs com agências de inteligência dos Estados Unidos contra as forças armadas. Uma comissão do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin) - a polícia política - prendeu Torres enquanto ele participava de um evento no hotel da capital, de acordo com um colaborador do ex-ministro que falou sob condição de anonimato. Uns oito policiais, alguns carregando grandes armas, se apresentaram no hotel e também levaram detido o também ex-chefe da Sebin, que há mais de dois anos rompeu com o governo, que confirmou em um comunicado televisionado a ação policial. "As ações criminosas praticadas por esse senhor e seus cúmplices incluíam atos armados e conspirações contra nossa constituição", diz o comunicado que alega que torres foi afastado do governo em 2014, logo após os supostos vínculos com agências de inteligência dos Estados Unidos foram descobertos. A ação foi condenada pela chamada Frente Ampla Venezuela Livre, que considerou a prisão como uma represália por sua decisão apoiar manifestações contra o governo de Nicolás Maduro. (Matheus Maderal, com informações da Associated Press - matheus.maderal@estadao.com )
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar