Museu em São Paulo inicia mostra sobre meio ambiente

Museu em São Paulo inicia mostra sobre meio ambiente
Fonte: Agência Brasil

O meio ambiente é tema de uma exposição que teve início na tarde de hoje (31) no Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia (MuBE), em São Paulo. Chamada de Ambiental: arte e movimentos, a mostra apresenta desenhos, pinturas, fotografias, instalações e vídeos que tratam sobre ecologia.

A mostra tem curadoria de Cauê Alves, curador chefe do MuBE, e Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica. Ela foi feita com participação de diversas ONGs, tais como a a Fundação SOS Mata Atlântica, Fundação Tamar, Greenpeace, Instituto Socioambiental (ISA), WWF-Brasil e SAVE Brasil, que vão também expor seus trabalhos na tradicional feira do MuBE, que acontece todos os domingos. A exposição reúne trabalhos de 22 artistas.

‘‘A exposição é uma parceria entre o MuBE e a SOS Mata Atlântica e reúne uma série de movimentos ambientais e ONGs com lutas históricas por causas ambientais, com trabalhos de artistas que também dialogam direta ou indiretamente com questões ambientais“, disse hoje Cauê Alves, em entrevista à Agência Brasil.

“Na área externa temos o encontro de ONGs, com barracas onde eles mostram suas ações e vendem seus produtos. Na área externa há infláveis que trazem campanhas históricas dos movimentos [como a campanha pela limpeza do Rio Tietê e as réplicas de tartarugas do Projeto Tamar]. E, ao mesmo tempo, [no interior do museu] temos vídeos institucionais que trazem vídeos das queimadas recentes na Amazônia e trabalhos de artistas históricos e contemporâneos“, falou Alves.

“A ideia da exposição é abarcar tanto fotografia, pintura, escultura, arte ambiental e toda manifestação artística que inclua o espectador nessa discussão entre arte e meio ambiente“, disse ele, acrescentando que, além dos trabalhos expostos, o museu também vai sediar palestras e seminários sobre questões ambientais.

O objetivo da exposição, que foi concebida há mais de um ano, é reafirmar a vocação do museu na defesa do meio ambiente. “O MuBE abriu as portas resgatando a agenda ambiental. A SOS Mata Atlântica foi convidada para promover essa exposição e essa mostra em conjunto. Convidamos as ONGs parceiras. Os artistas têm todo um trabalho relacionado ao trabalho ambiental, à questão ecológica, seja de lixo, seja uma agenda marinha, seja as árvores representadas nas esculturas“, disse Marcia Hirota.

“Estamos fazendo uma relação da arte e da cultura com o meio ambiente. Para nós, quanto mais ações integradas, quanto mais conexão a gente fizer com arte, educação e ciência, melhor“, disse ela. “É uma forma de sensibilizar as pessoas para a causa ambiental“, acrescentou.

Museu

O museu nasceu em 1986, após a concessão de terreno na Avenida Europa para a prefeitura de São Paulo. “O MuBE nasceu de uma mobilização da sociedade civil em prol de áreas verdes na cidade. Aqui era um bosque de uma residência. E todas as árvores foram derrubadas e anunciaram aqui a construção de um shopping center. De algum modo, a sociedade se reuniu para impedir esse shopping center e conseguiram com que a prefeitura desapropriasse o terreno para construir um centro de escultura e ecologia“, falou o curador do museu.

A exposição é gratuita e fica em cartaz até o dia 3 de novembro.

Museu em São Paulo inicia mostra sobre meio ambiente