Música: de Curitiba a Piracicaba

Cantora Liane vende CDs na praça José Bonifácio

A deficiente visual Liane Padilha, 52, é um exemplo de superação. Ela viaja pelo país cantando em praças de várias cidades do Estado para levar um pouco de sua música. Acompanhada de seu acordeon, uma pequena bolsa e seus CDs, Liana chegou na manhã desta terça-feira (2) na Praça José Bonifácio, no Centro. Quanto tempo ela vai ficar, só dependerá da receptividade do povo piracicabano.

Liane mora em Curitiba (PR) e fala pouco sobre a sua deficiência. Ela diz que gosta de enfatizar seu trabalho como cantora e não gosta de lamentar-se da vida. “Quem pode enxergar acaba vendo um lado muito pessimista da vida. Fica o tempo todo com medo de assalto, ou mesmo morrer. Confesso que não tenho medo da morte, um dia certamente vai acontecer. Prefiro viver minha vida sendo boa para os outros, pois caso contrário algum irmãozinho pode ficar bravo e fazer algo ruim com a gente”, disse Liane.

A rotina de Liane não é fácil, até mesmo andar na rua acaba sendo uma missão complicada. A começar pelo desnível da calçada, buracos e muitas vezes com a falta de atenção de alguns motoristas. “Sempre quando posso, peço ajuda para as pessoas e muitas conseguem me acompanhar até ao local onde preciso. Para cantar minha música, prefiro ficar encostada na parede para dar mais segurança e não gosto de ficar perto de bancos, pois as pessoas ficam conversando e isso me atrapalha. Por isso, trago o meu próprio banquinho para sentar”, disse a cantora.

Ela vende seu CD, com produção independente por R$ 15. “Muitas vezes as pessoas não tem dinheiro e acabam contribuindo como podem”, diz.

Seu CD conta com algumas participações. Como a música “Meu galo triste”, que tem a colaboração do maestro Denny e de seu filho Otávio, que ficou em Curitiba. A cantora também aborda em seu trabalho assuntos como perdão, saudades, e ser mãe.

Liane disse ainda que usa a sua intuição para descobrir qual a próxima cidade que viajará para mostrar um pouco de seu trabalho. Ela afirmou que as pessoas com menos condições são as que mais apoiam o seu trabalho. O telefone de contato para apresentações de Liane é o (41) 99636-7040.

(Cristiani Azanha)