Mutirão deve atender 750 pessoas

A Secretaria Municipal de Saúde promove hoje mais um Mutirão da Saúde com previsão de atender até 750 de pessoas. O objetivo é reduzir as filas de espera no SUS (Sistema Único de Saúde), além de agilizar o atendimento ao público e facilitar a agenda de pessoas que têm dificuldades para ir a consultas durante a semana. “Só no primeiro quadrimestre – janeiro a abril – 4.432 pacientes foram atendidos nos mutirões.

No Postão, atrás do Mercado Municipal (Travessa Newton de Almeida Mello), das 7h às 13h, serão recebidos 520 pacientes nas especialidades de urologista, dermatologista, gastroenterologista,
ortopedista, cardiologista, neurologista e clínica médica.

A Clínica de Diagnóstico por Imagem (CDI) atenderá 120 pacientes para exames de ultrassom (abdominal e vias urinárias). Já na Clínica de Olhos (Centro) haverá o atendimento de 40 alunos
de escolas municipais, por meio do projeto “Saúde Escolar” que envolve crianças cujos professores identificam dificuldade de visão em sala de aula. Além disso, serão atendidos outros 50 pacientes
adultos.

Na ação de hoje, haverá ainda o atendimento de 40 pacientes no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), sendo 30 em Traumatologia Buco-Maxilo-Facial e 10 endodontia (canal).

“Os mutirões compensam de alguma forma a defasagem de médicos na rede que tiveram de se afastar seja por doença, aposentadoria ou pedido de exoneração, garantindo atendimento à população, até que um novo concurso público seja realizado. Inclusive, esse processo para recompor nosso quadro médico já está em andamento e novos concursos acontecerão em breve”, explicou Pedro Mello, secretário de Saúde. A Central de Relacionamento com os Usuários do SUS (Centrus) esclarece que todos os atendimentos foram previamente agendados, pois
já estavam na fila de espera.

Da Redação