Na estreia de Gaúcho, XV empata fora de casa

futebol O TÉCNICO CLÉBER GAÚCHO ESTREOU COM EMPATE NA PARTIDA CONTRA O RIO CLARO (FOTO: MAURICIO BENTO/LÍDER ESPORTES)

Rio Claro e XV de Piracicaba empataram sem gols neste sábado (25), no estádio Augusto Schmidt Filho, em Rio Claro, pela sétima rodada da primeira fase da Copa Paulista. O Alvinegro dominou a maior parte do jogo e criou boas chances para marcar, mas pecou nas finalizações e não saiu do zero fora de casa. O resultado manteve a equipe na quinta colocação do Grupo 2, com seis pontos ganhos, fora da zona de classificação. O time piracicabano inicia o segundo turno no sábado (1º) que vem, quando visita o quarto colocado Red Bull, às 18h30, em Campinas.

O duelo deste fim de semana marcou a estreia do técnico Cléber Gaúcho no comando do Nhô Quim. Ele substituiu Fahel Júnior, que foi demitido na última sexta-feira (24) após envolver-se em confusão com o jornalista Leonardo Moniz. Na estreia, o novo comandante optou por não fazer tantas mudanças no time titular. Na defesa, o volante Gabriel Tonini seguiu improvisado como zagueiro. Pereira e Fraga deram consistência ao meio-campo, que teve Cassio Gabril na armação. No ataque, Romarinho teve a companhia de Lucas Formiga e Marcelo Fernandes.

O XV mandou no primeiro tempo. A equipe piracicabana controlou a bola e arriscou finalizações que levaram perigo ao gol de Dheimison. Aos 7min, Cassio Gabriel quase abriu o placar: o meia pegou o rebote na entrada da área e chutou sobre o travessão. No lance seguinte, o lateral-direito Mario Sérgio tirou tinta da trave direita. O camisa 2 soltou a bomba de fora da área e quase surpreendeu o goleiro rio-clarista. A chance mais clara da etapa inicial aconteceu aos 41min, quando Marcelo Fernandes acertou a trave após cobrança de escanteio.

No segundo tempo, o Rio Claro voltou com a postura mais ofensiva. A 1min, o volante Franco exigiu boa intervenção de Leonardo. O jogo ficou equilibrado e as chances se alternavam: aos 13min, Romarinho finalizou dentro da área, Dheimison espalmou e Fraga chutou mascado no rebote, facilitando a defesa do goleiro. No minuto seguinte, Leonardo salvou o Alvinegro. Após cruzamento da direita, Ademir cabeceou para baixo e o arqueiro fez excelente defesa.

O técnico Cléber Gaúcho tentou alterar o panorama com as entradas de Renan Zanelli, Welton Paragua e Danilo Melega, mas o problema persistiu: a falta de qualidade na finalização. Aos 44min, Danilo Melega passou a bola para Welton Paragua, na risca da pequena área, mas o atacante não conseguiu o desvio para o gol.

(Líder Esportes)