Na Índia, 14 rebeldes maoístas morrem em ataque

Forças do governo mataram ao menos 14 rebeldes maoístas durante um ataque em seu esconderijo domingo, em uma área florestal no oeste da Índia, disse a polícia. A luta começou depois que policiais invadiram o esconderijo dos rebeldes em uma área florestal no distrito Gadchilori, no estado de Maharashtra, disse o policial Prashant Diwate.

Diwate disse que a troca de tiros entre os rebeldes e as tropas durou cerca de meia hora. Ele disse que a polícia estava procurando na área por mais corpos possíveis. Segundo ele, a polícia não sofreu baixas.

Os rebeldes maoístas, que reivindicam inspiração do líder revolucionário chinês Mao Zedong, têm lutado contra o governo indiano há mais de quatro décadas, exigindo terra e empregos para os agricultores arrendatários e os pobres.