Na raça, XV/Rezende é campeão da Copa Interior

futsal O time piracicabano de futsal ergueu três taças em 2018. ( Foto: Divulgação)

A equipe feminina adulta do XV de Piracicaba/Rezende/Selam é campeã da Copa Paulista do Interior, competição organizada pela LRFS (Liga Rioclarense de Futebol de Salão). O título foi conquistado após duelo dramático realizado nesta quarta-feira (19). Jogando em Atibaia, o Alvinegro derrotou o ICP Atibaia por 1×0 na prorrogação, com um gol marcado por Jaqueline Belotti. No tempo regulamentar, o time da casa venceu por 4×2. Giovana e Gislene anotaram para o Alvinegro. O resultado reverteu a vantagem conquistada pelo XV/Rezende, que ganhou em Piracicaba pelo placar de 3×2.

No segundo jogo da final, conforme o regulamento, o ICP Atibaia entrou em quadra precisando do triunfo, independente do placar, para levar a partida para a prorrogação, quando jogaria por um empate para ficar com o título. Apesar da desvantagem no tempo extra, a equipe piracicabana mostrou poder de reação para faturar o terceiro título da temporada. “Foi um jogo extremamente difícil, com uma arbitragem tendenciosa. Na prorrogação, fizemos o gol e conseguimos suportar a pressão. Foi uma vitória de superação”, desabafou o técnico Aílton Vieira.

Agora em férias, o elenco piracicabano aguarda a divulgação do calendário esportivo estadual para o planejamento para a próxima temporada. “Nós vamos esperar o mês de janeiro para ver qual será o regulamento do Estado de São Paulo para os Jogos Regionais e os Jogos Abertos do Interior, para depois nos planejarmos. Antes disso, nós não podemos definir em qual categoria vamos focar mais”, afirmou o treinador. Além da Copa Paulista do Interior, o XV/Rezende conquistou em 2018 os títulos dos Jogos Regionais e dos Jogos Abertos do Interior.

SUB-14

No último domingo (16), o time sub-14 do XV/Rezende disputou a semifinal da Copa Paulista do Interior contra o Colégio Objetivo de Santos, na Arena Santos, e foi derrotado pelo placar de 4×1. A equipe da casa ficou com o título. “Nós sabíamos que seria uma partida difícil. Saímos de Piracicaba às 5h da manhã para chegar às 9h e jogar 9h30. Perdemos para o time que foi campeão. As meninas estão de parabéns pelo empenho. Estamos no caminho certo, elas são novas ainda e esperamos que em um futuro próximo, representem Piracicaba nas categorias acima”, finalizou Vieira.

(Líder Esportes)